Ministério Público quer interrogar Sócrates. Medida de coação pode ser alterada

20 jun, 14:19

Em causa as viagens de Sócrates ao Brasil que não foram comunicadas ao tribunal

O Ministério Público fez chegar ao tribunal de Lisboa uma proposta para que o antigo primeiro-ministro José Sócrates seja sujeito a um interrogatório judicial, segundo a revista Visão.

O objetivo passa pela eventual revisão de medidas de coação, tendo em conta as viagens de Sócrates ao Brasil que não foram comunicadas ao tribunal. 

José Sócrates tem pendente um processo que saiu da Operação Marquês para ser julgado por falsificação e branqueamento de capitais. O objetivo dos procuradores pode passar por pedir a substituição do atual termo de identidade e residência do arguido por uma medida mais gravosa, como por exemplo a entrega do passaporte.

Por outro lado, Sócrates diz que não teria que prestar contas ao atual processo, onde, segundo ele, nunca foi constituído arguido.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados