PSG: paragem de Neymar aumenta e covid-19 provoca duas baixas

22 dez 2021, 14:05

Thilo Kehrer e Dina Ebimbe testaram positivo. Leandro Paredes colocado em isolamento «por precaução»

PUB

O Paris Saint-Germain atualizou esta quarta-feira o tempo de paragem do futebolista brasileiro Neymar, revelando que o regresso aos treinos «está previsto para daqui a quatro ou cinco semanas».

Neymar não joga desde 28 de novembro, dia em que sofreu uma dura entrada no jogo com o Saint-Étienne, que ditou uma lesão no tornozelo esquerdo.

PUB

Inicialmente, o PSG tinha previsto um tempo de paragem de seis a oito semanas, o que, no melhor dos cenários, anteciparia um regresso do brasileiro ainda na primeira quinzena de janeiro. Contudo, e olhando a esta redefinição, dificilmente Neymar voltará a jogar antes da reta final do mês de janeiro.

Ainda assim, se a paragem não se prolongar ainda mais, Neymar pode ser uma importante peça nas contas dos parisienses para 15 de fevereiro, para o início dos oitavos de final da Liga dos Campeões, com o Real Madrid.

Esta terça-feira, na nota oficial em que anunciou a convocatória para o jogo desta noite com o Lorient da 19.ª jornada – Nuno Mendes e Danilo Pereira estão na lista – o PSG confirmou que Thilo Kehrer e Dina Ebimbe testaram positivo à covid-19 e já cumprem isolamento.

PUB
PUB
PUB

Quem também foi colocado em isolamento foi Leandro Paredes, na terça-feira, «por precaução».

Juan Bernat, Colin Dagba, Layvin Kurzawa e Julian Draxler continuam de fora, a recuperar de problemas físicos. Além disso, Mbappé e Verratti, castigados, são baixas para o jogo com o Lorient.

Relacionados

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados