«Estou preocupado, ninguém leva a sério o bem-estar dos jogadores»

22 dez 2021, 12:47
Tottenham-Liverpool (Reuters)
Tottenham-Liverpool (Reuters)

Jordan Henderson criticou o calendário e lamentou que os jogadores não sejam ouvidos

PUB

Em virtude do aumento de casos de covid-19 entre os plantéis da Premier League, o organismo que tutela o campeonato inglês reuniu de emergência e ponderou adiar os jogos do Boxing Day. No entanto, a decisão de cumprir o calendário manteve-se.

Esta terça-feira, o capitão do Liverpool, Jordan Henderson, confessou estar preocupado com o bem-estar dos futebolistas.

«Tem sido assim nos últimos anos e tem sido difícil, depois entra em jogo a situação da Covid-19 e fica ainda mais difícil. Estou preocupado porque ninguém leva verdadeiramente a sério o bem-estar dos jogadores. É claro que queremos jogar, mas as coisas não estão a ser levadas de forma séria», disse em tom crítico à BBC.

«Vamos tentar manter um diálogo e ter influência no futuro. Neste momento não sinto que os jogadores sejam respeitados. Não há ninguém capaz de dizer que isto não está certo para o bem-estar dos jogadores», acrescentou. 

O internacional inglês lamentou o facto de os jogadores não serem ouvidos e queixou-se do calendário desta temporada. 

«Falamos entre nós porque no final do dia, somos nós quem somos afetados diretamente. Sei que as pessoas dizem que ganhamos muito dinheiro para jogar futebol. Entendo isso e o futebol é tudo para nós. Os jogadores que são internacionais e que disputam as provas europeias, têm no máximo duas ou três semanas de férias. Não sei se isso é suficiente para recuperar quer fisicamente, quer mentalmente. Mas o ponto é: não há comunicação com os jogadores»


 

PUB
PUB
PUB

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados