Fogo em Coimbra entrou em resolução às 12:29. Mais de 500 operacionais continuam no terreno

Agência Lusa , BC
8 set 2023, 13:37
Incêndios (Lusa/Paulo Cunha)

Zona de povoamento florestal de eucalipto e pinheiro não escapou às chamas.

O incêndio que começou ao início da tarde de quinta-feira na freguesia de Torres do Mondego, concelho de Coimbra, entrou em resolução pelas 12:29 desta sexta-feira e no terreno mantêm-se mais de 500 bombeiros, disse fonte dos bombeiros.

As chamas destruíram uma zona de povoamento florestal de eucalipto e pinheiro, de difícil acesso aos meios terrestres, localizada entre a margem esquerda do rio Mondego e a margem direita do rio Ceira, não colocando, no entanto, povoações em risco.

De acordo com a página na internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), pelas 13:20 desta sexta-feira mantinham-se no local, em trabalhos de consolidação e rescaldo, 520 operacionais, apoiados por 155 viaturas e seis meios aéreos.

“A situação está agora mais calma. Temos alguns pontos ativos, são pontos mais inacessíveis nas encostas mais íngremes. Temos pessoal apeado e máquinas de rasto no terreno para ver se conseguem lá chegar”, disse à Lusa o comandante Paulo Palrilha.

Às 07:15 estavam no local 536 operacionais, com o apoio de 160 veículos.

Na quinta-feira, o 2.º comandante do Comando Sub-regional da Região de Coimbra, Nuno Seixas, tinha sublinhado, em declarações à RTP, que o incêndio tinha duas frentes ativas.

A frente de maiores dimensões estava junto à Estrada Nacional 17 (EN 17), a Estrada da Beira, enquanto a segunda encontrava-se junto a Palheiros.

Na quinta-feira, dois bombeiros foram assistidos devido a inalação de fumos, sendo considerados feridos leves.

Durante a tarde, no combate a este incêndio uma viatura dos Bombeiros Voluntários de Condeixa-a-Nova sofreu danos.

Sobre a origem do incêndio, o responsável da Proteção Civil salientou que a investigação está a decorrer, mas que as indicações são as que o fogo terá sido provocado por um veículo com um problema mecânico.

O incêndio teve início pelas 15:19 de quinta-feira, na freguesia de Torres do Mondego, no concelho de Coimbra.

País

Mais País

Mais Lidas

Patrocinados