Urgência obstétrica e ginecológica do hospital do Barreiro encerrada até quinta-feira

Agência Lusa , PF
11 mar, 17:55
Médicos (imagem Getty)

Serviço deveria reabrir esta segunda-feira

O serviço de urgência obstétrica e ginecológica/bloco de partos do hospital do Barreiro, que deveria reabrir esta segunda-feira, vai continuar fechado até às 08:00 de quinta-feira, segundo a Unidade Local de Saúde.

A Unidade Local de Saúde do Arco Ribeirinho (ULSAR), que integra o hospital Barreiro/Montijo e que tem como áreas de influência os concelhos de Alcochete, Barreiro, Moita e Montijo e um total de 236 mil utentes, anunciou na sua página na rede social Facebook que a urgência obstétrica e ginecológica/bloco de partos vai manter-se encerrada até quinta-feira, sem adiantar mais explicações.

De acordo com uma deliberação da Direção Executiva do Serviço Nacional de Saúde, a urgência obstétrica e ginecológica/bloco de partos encerrou às 08:00 do dia 4 de março e deveria reabrir esta segunda-feira a partir da 08:00.

No aviso, a ULSAR aconselha as grávidas a contactar o SNS 24 (808242424) antes de se dirigirem ao hospital ou ligar 112 em situações de emergência.

O mesmo já tinha acontecido em fevereiro.

A Lusa questionou a ULSAR sobre as razões que levaram ao prolongamento do encerramento, mas não obteve resposta até ao momento.

No início do ano, a Direção Executiva anunciou o plano de funcionamento para estes serviços, tendo determinado que na Península de Setúbal o bloco de partos da Unidade Local de Saúde (ULS) de Almada-Seixal (Hospital Garcia de Orta) encerra aos fins de semana (sábado e domingo), enquanto os blocos de partos da ULS do Arco Ribeirinho (Hospital Barreiro-Montijo) e da ULS da Arrábida (Centro Hospitalar de Setúbal) mantêm as suspensões temporárias e rotativas.

De acordo com as escalas determinadas na sequência do plano, o bloco de partos da Unidade de Saúde Local da Arrábida (Setúbal) vai estar encerrado durante toda esta semana, reabrindo apenas em 18 de março.

Já na Unidade Local de Saúde (ULS) de Almada-Seixal (Hospital Garcia de Orta), o serviço está aberto, encerrando apenas aos fins de semana.

Relacionados

Saúde

Mais Saúde

Mais Lidas

Patrocinados