Investigação CNN/TVI: PCP condena "veementemente" agressões de militares a imigrantes

17 dez 2021, 11:53

Em comunicado, o partido "considera inaceitável que os envolvidos se mantenham em funções"

PUB

O Partido Comunista Português condenou veementemente os episódios de agressão, tortura e humilhação de imigrantes por parte de militares da GNR em Odemira. 

Num comunicado a que a CNN Portugal teve acesso, o PCP diz que "considera inaceitável que os envolvidos se mantenham em funções".

PUB

"O PCP considera que tais comportamentos, que dizem respeito a elementos concretos que não à instituição no seu todo, requerem punição exemplar, mas requerem também que as instituições reflictam sobre a selecção, formação e acompanhamento ao longo do tempo dos profissionais que nelas prestam serviço".

Na mesma nota, o partido escreve ainda que "o chumbo do seu projecto-Lei sobre higiene, saúde e segurança no trabalho para os profissionais das forças e serviços de segurança que permitia a criação de mecanismos de maior proximidade no acompanhamento dos respectivos profissionais".

A CNN Portugal e a TVI revelaram esta quinta-feira uma investigação que mostra a brutalidade com que elementos da GNR tratam imigrantes da região de Odemira.

PUB
PUB
PUB

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados