PJ detém homem na Madeira por crime de pornografia de menores

Agência Lusa , WL
24 nov, 15:00
Inspetores da PJ dizem que parece não haver vontade de investir no combate à corrupção

Homem de 52 anos foi apanhado em "flagrante delito"

A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal da Madeira, deteve na quarta-feira um homem, de 52 anos, suspeito do crime de pornografia de menores na forma agravada.

Em comunicado, a PJ indica que identificou e deteve o homem “em flagrante delito”.

A polícia explica que, no âmbito de informação partilhada com entidades internacionais ligadas ao combate à pornografia infantil, foi possível sinalizar “atividades suspeitas de indiciar a prática de crimes de pornografia de menores em ambiente digital, relacionadas com um indivíduo residente na Madeira”.

“Desenvolvidas diligências de investigação, nomeadamente a identificação do suspeito e busca domiciliária, realizada ontem [quarta-feira], no concelho de Santa Cruz, foram apreendidos diversos suportes informáticos, contendo cerca de uma centena de ficheiros de imagem e vídeo relativos a pornografia infantil”, acrescenta a nota.

De acordo com a PJ, o detido será agora presente às autoridades judiciárias competentes para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados