Calor leva IPMA a colocar Lisboa em aviso vermelho no último dia da JMJ

Agência Lusa , AG
4 ago, 20:38
Papa Francisco durante a Via-Sacra, na Jornada Mundial da Juventude - JMJ (Lusa)

IPMA justifica o aviso vermelho com a “persistência de valores extremamente elevados da temperatura máxima”

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou esta sexta-feira em aviso vermelho para o distrito de Lisboa entre as 10:00 e as 18:00 de domingo devido ao calor, prevendo-se temperaturas entre 39 e 41 graus celsius.

Segundo o IPMA, no domingo e na segunda-feira, as temperaturas na cidade de Lisboa podem atingir valores entre 39 e 41 graus, enquanto a temperatura mínima irá variar entre 20 e 22 graus.

Em comunicado, o IPMA justifica o aviso vermelho com a “persistência de valores extremamente elevados da temperatura máxima”.

O aviso vermelho é o mais grave de uma escala de três e indica Situação meteorológica de risco extremo.

No domingo termina a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que decorre em Lisboa, estando prevista para esse dia a missa de envio, celebrada pelo Papa Francisco no Parque Tejo entre as 09:00 e as 11:00.

Na quinta-feira, Mário Silvestre, um dos adjuntos de operações da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) aconselhou as pessoas que estão a participar na JMJ a beber muita água e a usar protetor solar e chapéus.

Além disso, disse que poderá ser acionado um sistema de nebulização que, em caso de necessidade, pode ser acionado durante a missa de domingo para ajudar os peregrinos da JMJ a enfrentarem o calor.

No comunicado, o IPMA indica que as condições meteorológicas em Portugal continente “deverão alterar-se significativamente” a partir de hoje, sendo esperado tempo quente e seco.

Assim, entre domingo e quinta-feira, a temperatura máxima deverá variar entre 35 e 40 graus na maior parte do território, “podendo atingir pontualmente 44 no interior”.

Em Fátima, onde o Papa Francisco estará no sábado, prevê-se nesse dia que a temperatura máxima varie entre 34 e 36 graus.

O Papa está em Lisboa para presidir à Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que termina no domingo.

São esperadas mais de um milhão de pessoas nos eventos da JMJ.

Relacionados

Meteorologia

Mais Meteorologia

Patrocinados