Habitantes de Ansião foram retirados das suas casas, "onde o sentido do fogo poderia chegar"

Agência Lusa , HCL
9 jul, 19:32

O incêndio teve início às 14:50 de sexta-feira numa zona florestal e agrícola na povoação de Vale da Pia, freguesia de Abiul, no concelho de Pombal

Alguns habitantes da Ramalheira foram retirados “por precaução” desta aldeia do concelho de Ansião, onde lavra o incêndio que começou na sexta-feira no concelho vizinho de Pombal, revelou fonte da Câmara Municipal de Ansião.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal de Ansião, António José Domingues, explicou que foram retiradas quatro pessoas desta pequena aldeia que pertence à freguesia de Pousaflores.

Achámos por bem retirar pessoas, onde o sentido do fogo poderia chegar. Por uma questão de precaução, retirámos as pessoas, que estão em primeiro lugar”, revelou.

De acordo com o autarca, já na sexta-feira tinham sido retiradas outras quatro pessoas da aldeia do Pessegueiro.

O incêndio teve início às 14:50 de sexta-feira numa zona florestal e agrícola na povoação de Vale da Pia, freguesia de Abiul, no concelho de Pombal (distrito de Leiria).

Mais tarde, as chamas acabaram por chegar ao concelho vizinho de Ansião.

De acordo com a informação disponível na página da Internet da Proteção Civil, às 19:20 as chamas estavam a ser combatidas por 289 bombeiros, apoiados por 92 veículos e quatro meios aéreos.

Ao final da tarde deste sábado, a Câmara Municipal de Pombal esclareceu que, apesar do incêndio ter deflagrado na sexta-feira neste concelho, neste momento não têm qualquer incêndio ativo no seu território, “pelo que nenhuma aldeia foi evacuada”.

Relacionados

País

Mais País

Patrocinados