Taxa de desemprego recua em março na zona euro e UE

Agência Lusa , MBM
3 mai 2023, 11:23
Saiba o que não deve fazer nas entrevistas de emprego (Pexels)

De acordo com a Eurostat, a taxa de desemprego recuou, em março, para os 6,5% na zona euro e os 6% na União Europeia, face ao mesmo mês de 2022

A taxa de desemprego recuou, em março, para os 6,5% na zona euro e os 6% na União Europeia, face ao mesmo mês de 2022, segundo dados esta terça-feira divulgados pelo Eurostat.

De acordo com o boletim divulgado pelo serviço de estatísticas da UE, na zona euro, a taxa de desemprego recuou quer na variação homóloga (6,8%), quer na comparação com fevereiro (6,6%), fixando-se nos 6,5%.

Na UE, a taxa de desemprego diminuiu face aos 6,2% registados em março de 2022, mas manteve-se estável nos 6% na variação em cadeia.

O Eurostat estima que, em março, havia 12,960 milhões de pessoas desempregadas na UE, 10,010 milhões das quais na zona euro.

Entre os Estados-membros, a Espanha (12,8%), a Grécia (10,9%) e a Itália (7,8%) registaram, em março, as maiores taxas de desemprego e a República Checa (2,6%), Alemanha, Polónia (2,8% cada) e Malta (2,9%) as menores.

Em Portugal, o desemprego fixou-se nos 6,9%.

Relacionados

Economia

Mais Economia

Mais Lidas

Patrocinados