«A mala está sempre pronta, por fazer bem as coisas, ou por ser despedido»

Adérito Esteves , Estádio do Jamor
21 mai, 18:11

Sérgio Conceição na antevisão à final da Taça entre FC Porto e Tondela

Sérgio Conceição abordou neste sábado o futuro como treinador do FC Porto, um dia depois de Pinto da Costa ter garantido que o técnico irá cumprir os dois anos de contrato que tem.

O treinador não quis tirar muito o foco da final da Taça de Portugal, que os dragões disputam neste domingo, e até lembrou que o presidente do clube falou sobre isso na véspera, mas atirou uma frase muitas vezes repetida.

«O treinador tem sempre a mala pronta. Seja porque faz muito bem as coisas e alguém o chama, seja porque tem resultados maus e é despedido», começou por dizer, acrescentando.

«Se tudo correr de forma normal, tenho dois anos de contrato e serão dois anos de contrato para cumprir».

Situação diferente vive o defesa central Chancel Mbemba, que deverá fazer com o Tondela o útlimo jogo com a camisola do FC Porto, uma vez que está em final de contrato. O treinador, porém, desvaloriza essa questão.

«Os jogadores estão todos muito bem em termos motivacionais. O contrato dos jogadores passa-me ao lado. O Mbemba tem contrato e pode jogar a final. Depende do que eu decidir e o Mbemba é igual aos outros», resumiu.

[artigo atualizado]

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados