Saiba tudo sobre o Euro aqui

Farense denuncia «emboscada» e «agressões» a adeptos em Vila Verde

22 out 2023, 22:31
Vilaverdense-Farense

Clube garante que violência não esteve relacionada com derrota nem com apoiantes do Lank Vilaverdense

O Farense emitiu na noite neste domingo um comunicado a denunciar uma «emboscada», seguida de «agressões» a adeptos algarvios depois da derrota da equipa no reduto do Lank Vilaverdense (3-2), na 3.ª eliminatória da Taça de Portugal.

«Agressões essas que em nada estiveram relacionadas com o jogo disputado nem com os adeptos do Lank FC Vilaverdense», salienta o emblema de Faro.

«Sensivelmente meia hora após o fim do jogo e nas imediações do Estádio Municipal da Cruz do Reguengo, um grupo de adeptos do SC Farense ao dirigirem-se ao autocarro que os transportaria de volta a Faro, foram emboscados por um grupo sensivelmente de 20 a 30 elementos, que se identificaram como pertencentes a uma claque, de rostos tapados e armados com cintos, paus e outros adereços que os agrediram barbaramente», pode ler-se na nota oficial.

O Farense não identifica os agressores, explicando que os atos na vila do distrito de Braga foram reportados às autoridades competentes: «Face à gravidade do ocorrido, e recordando que o SC Farense durante a presente época fará um sem número de deslocações a clubes nas imediações da cidade de Braga, apela-se às entidades e autoridades competentes para que de forma célere identifiquem e punam exemplarmente os agressores.»

«Os adeptos agredidos foram prontamente assistidos no local por equipas de emergência médica e com o apoio da equipa médica do SC Farense. Após o que dois adeptos foram encaminhados para o hospital de forma a realizarem os exames necessários. A todos o SC Farense agradece o apoio e deseja rápidas melhoras», finaliza o Farense.

Entretanto, a Guarda Nacional Republicana (GNR) explica que «os agressores suspeitos colocaram-se em fuga num automóvel». De acordo com uma fonte contactada pela Agência Lusa, existem até ao momento quatro suspeitos, mas «ainda sem certezas», uma vez que as investigações estão a decorrer.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados