Petróleo até caiu na semana passada, mas gasolineiras subiram as margens

3 mai, 07:00

Descida do preço das gasolinas ficou muito aquém do previsto esta segunda-feira. Mesmo se os preços do petróleo estiveram em queda.

O preço médio do petróleo caiu cerca de 3% na semana passada, face à semana anterior. Isto torna ainda mais difícil às gasolineiras justificarem que os preços de venda dos combustíveis tenham caído esta segunda feira menos do que o corte do imposto.

LEIA TAMBÉM
Gasolineiras desceram combustíveis muito menos do que se previa. Veja os preços oficiais

São as cotações médias da semana anterior do Brent, índice de negociação do petróleo nos mercados, que servem tipicamente de referência para as mudanças de preços dos combustíveis às segundas-feiras – embora os preços sejam livres e variem todos os dias, tradicionalmente é no primeiro dia útil da semana que há as maiores mexidas em Portugal.

Ora, na semana passada, o preço médio de fecho do Brent foi de 105,22 dólares por barril, cotação 2,9% inferior à média da semana precedente, de 108,34 dólares por barril.

O preço do petróleo tem estado a subir há dois anos, desde que atingiu o mínimo de fecho de sessão de 19,33 dólares por barril, no início da pandemia. Mas a subida escalou sobretudo depois da invasão da Ucrânia pela Rússia, a 23 de fevereiro. A Rússia é um dos maiores produtores de petróleo do mundo e está sob sanções do Ocidente, o que reduz a oferta no mercado.

Mesmo assim, a subida do preço do petróleo já foi superior à que se verifica neste momento. Desde a véspera da invasão da Ucrânia, a 23 de fevereiro, até à última sexta-feira, 29 de abril, o Brent, que é transacionado em dólares, está mais caro 12,8%. No mesmo período, o euro desvalorizou 6,7% em relação ao dólar, pelo que a subida do Brent em euros é superior, na casa dos 20%.

O preço final de venda do gasóleo em Portugal está neste momento 11% mais caro do que na véspera da invasão da Ucrânia. Se o governo não tivesse reduzido o imposto, ele estaria cerca de 24% mais caro do que a 23 de fevereiro.

Segundo a Entidade Nacional para O Setor Energético, as margens brutas das gasolineiras também estão hoje mais elevadas do que antes da invasão.

LEIA TAMBÉM
Foi enganado: gasolineiras desceram combustíveis muito menos do que se previa. Veja os preços oficiais
Combustíveis: Costa lança ASAE às gasolineiras
 

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Dinheiro

Mais Dinheiro

Patrocinados