Mundial 2022: Messi alcança Eusébio e fica a um golo de Batistuta

3 dez 2022, 23:54
Argentina-Austrália

Argentino marcou este sábado o nono golo em fases finais de Campeonatos do Mundo

Lionel Messi juntou-se este sábado ao português Eusébio no 14.º lugar dos melhores marcadores da história dos Mundiais, ao marcar à Austrália (2-1) o seu primeiro tento em fases a eliminar da prova.

Ao 23.º jogo em Mundiais – juntou-se ao italiano Paolo Maldini no terceiro lugar do ranking dos jogadores com mais jogos - Messi chegou aos nove tentos, registo mítico que o «rei» dos marcadores portugueses logrou em apenas uma edição, e seis encontros, no Mundial de 1966, em Inglaterra.

Messi, que chegou ao Qatar com apenas seis tentos em Mundiais (um em 2006, quatro em 2014 e um em 2018), já tinha faturado em 2022 frente à Arábia Saudita (1-2) e ao México (2-0), falhando apenas face à Polónia (2-0), jogo em que desperdiçou um penálti.

O jogador argentino colocou-se agora a um escasso tento do «top 8», composto por um sexteto, no qual se encontra o seu compatriota Gabriel Batistuta que, com 10 golos, é o melhor marcador dos sul-americanos na competição.

Messi está atrás de Batistuta em Mundiais, mas não na seleção argentina, em que lidera destacado, com 94 golos, em 169 jogos, incluindo 13 nos derradeiros sete encontros.

Na carreira como sénior, o argentino, de 35 anos, soma 816 golos, em 1.055 jogos, incluindo os registos pelas equipas B e C do Barcelona e as seleções sub-20 e sub-23 da Argentina, ao serviço das quais venceu o Mundial sub-20 e os Jogos Olímpicos.

Contando apenas os encontros pelas equipas principais de Barcelona (778 jogos) e Paris Saint-Germain (53) e pela principal seleção argentina (169), Messi cumpriu este sábado o encontro 1.000, «coroado» com o golo 789.

Melhores marcadores de sempre em Mundiais:

1. Miroslav KLOSE (Alemanha): 16 golos (5/2002, 5/2006, 4/2010, 2/2014)

2. RONALDO Nazário Lima (Brasil): 15 golos (4/1998, 8/2002, 3/2006)

3. Gerd MÜLLER (Alemanha): 14 golos (10/1970, 4/1974)

4. Just FONTAINE (França): 13 golos (1958)

5. Edson Arantes do Nascimento PELÉ (Brasil): 12 golos (6/1958, 1/1962, 1/1966, 4/1970)

6. Sandor KOCSIS (Hungria):  11 golos (1954)

 . Jürgen KLINSMANN (Alemanha): 11 golos (3/1990, 5/1994, 3/1998)

8. Helmut RAHN (Alemanha): 10 golos (4/1954, 6/1958)

  . Teófilo CUBILLAS (Peru): 10 golos (5/1970, 5/1978)

  . Grzegorz LATO (Polónia): 10 golos (4/1974, 2/1978, 1/1982)

  . Gary LINEKER (Inglaterra): 10 golos (6/1986, 4/1990)

  . Gabriel BATISTUTA (Argentina): 10 golos (4/1994, 5/1998, 1/2002)

  . Thomas MÜLLER (Alemanha): 10 golos (5/2010, 5/2014)

14. Evaldo Neto VAVÁ (Brasil): 9 golos (5/1958, 4/1962)

  . EUSÉBIO Ferreira (Portugal): 9 golos (1966)

  . Uwe SEELER (Alemanha): 9 golos (2/1958, 2/1962, 2/1966, 3/1970)

  . Jair Filho JAIRZINHO (Brasil): 9 golos (7/1970, 2/1974)

  . Paolo ROSSI (Itália): 9 golos (3/1978, 6/1982)

  . Karl-Heinz RUMMENIGGE (Alemanha): 9 golos (3/1978, 5/1982, 1/1986)

  . Roberto BAGGIO (Itália): 9 golos (2/1990, 5/1994, 2/1998)

  . Christian VIERI (Itália): 9 golos (5/1998, 4/2002)

  . David VILLA (Espanha): 9 golos (3/2006, 5/2010, 1/2014)

  . Lionel MESSI (Argentina): 9 golos (1/2006, 4/2014, 1/2018, 3/2022)

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados