Presas de elefante, escamas de pangolim e ossos de tigre. Malásia apreende seis toneladas de partes de animais traficadas

20 jul, 00:11
Malaysia wildlife trafficking (CNN)

Apreensões valem mais de 17 milhões de euros

As autoridades da Malásia apreenderam seis toneladas de partes de animais traficadas, incluindo presas de elefante, chifres de rinoceronte, escamas de pangolim e ossos de tigre.

Segundo avança a CNN Internacional, as apreensões ocorreram no domingo no porto do estado de Selangor e estima-se que valham cerca de 17,9 milhões de dólares (17,50 milhões euros).

Crânios e ossos de animais, incluindo escamas de pangolim e garras de tigre, exibidos durante uma conferência de imprensa em Port Klang

A Alfândega da Malásia partilhou fotos do material apreendido, sendo que o diretor-geral, Zazuli Johan, acredita que as partes dos animais sejam provenientes de África.

Importa referir que a Malásia é um dos países do Sudeste Asiático que funciona como porta de entrada do tráfico ilegal para outros países asiáticos, como por exemplo a China.

Escamas de pangolim (Alfândega da Malásia)

E é na China que os ossos de leão são usados para medicamentos tradicionais e os pangolins são valorizados pela carne e as escamas, são considerados uma iguaria e são valiosos no ponto de vista da medicina tradicional.

Relacionados

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados