Rapper e ativista Luaty Beirão diz ter "zero pena, zero emoções" pela morte de José Eduardo dos Santos

8 jul, 18:51
Luaty Beirão (Fotografia: Facebook)

Luaty Beirão foi um dos 17 ativistas acusados de planear uma rebelião contra o ex-presidente angolano. O músico acabou detido durante 36 dias e, nesse período, cumpriu uma greve de fome que chamou a atenção para o que se passava no país

O rapper e ativista Luaty Beirão já reagiu à morte de José Eduardo dos Santos, assumindo ter "zero pena" e "zero emoções" de  um "cidadão" que "já andava 'morto' desde 2018".

"Hoje consumou-se apenas a perda dos sinais vitais, o cidadão, esse, já andava "morto" desde 2018. Zero pena, zero emoções, é-me completamente indiferente", escreveu o ativista na rede social Facebook, rematando de seguida com um "com licença, tenho a semifinal do Wimbledon por assistir".

Em 2017, Luaty Beirão foi um dos 17 ativistas acusados de planear uma rebelião contra o então presidente angolano. O músico acabou detido durante 36 dias e, nesse período, cumpriu uma greve de fome que chamou a atenção para o que se passava no país na altura.

Relacionados

África

Mais África

Patrocinados