Morreu José Eduardo dos Santos

8 jul, 12:42

Óbito foi declarado às 10:10 desta sexta-feira. Antigo presidente angolano morreu numa clínica em Barcelona aos 79 anos

O antigo presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, morreu esta sexta-feira aos 79 anos em Barcelona, anunciou a Presidência da República angolana.

De acordo com o comunicado do executivo angolano, o óbito foi declarado às 11:10 desta sexta-feira, hora de Espanha (10:10 em Portugal Continental).

"O Executivo da República de Angola inclina-se, com o maior respeito e consideração, perante a figura de um Estadista de grande dimensão histórica, que regeu durante muitos anos com clarividência e humanismo os destinos da Nação Angolana, em momentos muito difíceis", acrescenta o comunicado, que apresenta os "profundos sentimentos de pesar" à família, apela ainda "à serenidade de todos neste momento de dor e consternação".

José Eduardo dos Santos sucedeu a Agostinho Neto como Presidente de Angola em 1979 e deixou o cargo em 2017, cumprindo uma das mais longas presidências no mundo.

Angola decreta luto nacional de cinco dias

O Presidente de Angola, João Lourenço, decretou esta sexta-feira cinco dias de luto nacional, a começar no sábado, pela morte do seu antecessor, José Eduardo dos Santos.

“É declarado o luto nacional a ser observado em todo o território nacional e nas missões diplomáticas e consulares”, pode ler-se num decreto presidencial assinado pelo chefe de Estado.

Segundo o decreto, o luto nacional começa às 00:00 de sábado, 9 de julho, e tem a duração de cinco dias, durante os quais a bandeira nacional será colocada a meia haste e serão cancelados todos os espetáculos e manifestações públicas.

Tchizé deixa mensagem ao atual Presidente de Angola

Minutos depois de a Presidência de Angola ter anunciado que José Eduardo dos Santos tinha morrido, a filha, Tchizé dos Santos reagiu no Instagram. Fez quatro publicações, uma delas com uma mensagem dirigida ao atual presidente de Angola, João Lourenço.

"Apagar a luz do outro não vai fazer com que a sua brilhe mais!", escreveu. 

Tchizé receia que corpo de José Eduardo dos Santos seja trasladado para Angola

Tchizé dos Santos solicitou ao Centro Médico Teknon - a clínica em Barcelona onde José Eduardo dos Santos estava internado - para que o corpo do pai seja preservado e que não seja entregue até à realização da autópsia.

Segundo apurou a CNN Portugal, esta foi uma decisão tomada perante o receio de que o corpo de José Eduardo dos Santos seja trasladado para Angola, algo que Tchizé afirmou que o pai não queria.

"Tchizé dos Santos, filha do ex-presidente angolano que faleceu hoje em Barcelona, ​​requereu, na sequência da denúncia apresentada segunda-feira aos Mossos de Barcelona pelos supostos crimes de tentativa de homicídio, omissão do dever de assistência, lesões por negligência grave e divulgação de segredos por pessoas próximas a ele, ao centro médico Teknon que o corpo do ex-presidente seja preservado e que não seja entregue até que seja realizada a autópsia atempada, receando que possa ser transferido para Angola", refere um comunicado assinado pela equipa de advogados em nome de Tchizé.

Relacionados

África

Mais África

Patrocinados