Saiba tudo sobre o Euro aqui

FOTOS: Anfield foi às lágrimas no último adeus a Jürgen Klopp

19 mai, 18:24

Treinador alemão despediu-se, ao fim de nove anos, com uma vitória sobre o Wolverhampton

Klopp, Klopp, Klopp. O nome do treinador alemão ecoou este domingo por toda a cidade de Liverpool e estendeu-se até ao interior do Estádio de Anfield para a emocionante despedida do carismático treinador, com uma última vitória dos Reds, na última jornada da Premier League, frente ao Wolverhampton (2-0).

Já com o terceiro lugar do pódio da Premier League definido, este último jogo foi mesmo para a despedida do treinador alemão que fez questão de não perdeu um minuto da festa. Jürgen Klopp subiu ao relvado ainda no período de aquecimento para a primeira ovação da tarde e deixou-se estar por ali, a sentir Anfield, levando muitas vezes para junto do coração, de agradecimento em agradecimento. 

VÍDEO: o emocionante e último «You’ll Never Walk Alone» de Klopp

Nove anos de muitas vitórias, muitos títulos (1 Liga dos Campeões, 1 Mundial de Clubes, 1 Supertaça Europeia, 1 Premier League, 1 Taça de Inglaterra, 2 Taças da Liga e 1 Supertaça inglesa), muitas histórias para recordar. «Obrigado Jürgen», leu-se num mosaico montado pelos adeptos nas bancadas, esta tarde totalmente preenchidas com cartazes, fotografias e até frases emblemáticas do treinador alemão.

Quanto ao jogo, o Liverpool, com Diogo Jota no banco, venceu o Wolverhampton por 2-0, num jogo que ficou facilitado pela expulsão de Nélson Semedo, com vermelho direto, aos 28 minutos, depois de uma entrada dura sobre Alexis Mac Allister.

Em vantagem numérica, a equipa da casa, com uma frente de ataque com Salah, Gakpo e Luis Díaz, abriu o marcador logo a seguir, aos 34 minutos, com um golo de Mac Allister, e aumentou a vantagem antes do intervalo, aos 40 minutos, com mais um golo de Qansah.

Estava feito. O Wolverhampton [além de Nélson Semedo, jogaram ainda José Sá, Toti Gomes e Pedro Neto], que já estava numa posição confortável na classificação, no 14.º lugar, a jogar com menos um, também nunca colocou o resultado em causa, e os adeptos voltaram todas as atenções para Jürgen Klopp com cânticos que deixaram o treinador visivelmente emocionado [a mulher do treinador, nas bancadas, foi mesmo às lágrimas].

Já depois do final do jogo, o plantel do Liverpool regressou ao relvado para a homenagem final ao treinador que deixou forte marca no clube ao longo de quase uma década.

Há nove anos, a 9 de agosto de 2015, Jürgen Klopp estreou-se como treinador do Liverpool, com uma vitória no campo do Stoke City (1-0). Este domingo, 19 de maio de 2024, diz adeus, com uma vitória sobre os Wolves (2-0).

Até à próxima Jürgen!

Relacionados

Patrocinados