Arouca-Rio Ave, 2-2 (destaques)

10 dez 2023, 20:30

Boateng à solta e o desenho que lançou a recuperação arouquense

FIGURA: Emmanuel Boateng

Começou por, quase que involuntariamente, assistir de costas para o golo de Aderllan Santos que abriu o marcador (5m) e fez, depois, o segundo golo da equipa do Rio Ave (29m). O ganês foi um perigo e uma das referências principais do Rio Ave no ataque e, já depois da intervenção direta no resultado na primeira parte, foi o mais perigoso ofensivamente, na segunda. Ainda antes da recuperação do Arouca, ficou perto do 3-0 com um remate ao ferro e, já na parte final do jogo, com 2-2, viu Arruabarrena travar-lhe o bis e o golo da vitória.

MOMENTO: Sylla monta a cilada e Cristo lança o Arouca (50m)

Em resposta a dois lances em que o Rio Ave ficou perto do 3-0 a abrir a segunda parte, por Costinha e Boateng, Sylla criou uma boa jogada pela direita, combinou com Kouassi e assistiu Cristo para o golo. Um lance bem desenhado que aproximou o Arouca do Rio Ave, no marcador, lançando a recuperação para o empate final.

OUTROS DESTAQUES

Aderllan: inaugurou o marcador e, além do golo, teve um par de ações decisivas a cortar potenciais lances de ataque ao Arouca. Exibição com alguma consistência na defesa, além da intervenção direta para o resultado.

Sylla: determinante no surgimento dos dois golos do empate, ao fazer as duas assistências, para Cristo e para Jason. Intervenção maior no golo do 2-1, em que cria a jogada da direita para o meio, com a combinação com Kouassi, antes de servir Cristo.

Cristo: foi dos mais ativos e rematadores no ataque do Arouca e fez o golo que lançou a equipa treinada por Daniel Sousa no marcador.

Jason: faz o golo do empate que vale, por fim, um ponto ao Arouca.

Joca: assistência primorosa para o golo de Boateng e símbolo do perigo do Rio Ave na primeira parte, com dois dos remates enquadrados que podiam ter tido outras consequências para o Arouca.

Arruabarrena: se é destaque neste Arouca-Rio Ave, em muito se deve ao que evitou de pior para a sua equipa e em favor dos vilacondenses. Sobretudo na primeira parte (apesar dos dois golos sofridos) e no final da segunda, teve intervenções importantes a negar mais golos ao adversário.

Relacionados

Patrocinados