Artur Jorge: «Preparámos o jogo para sermos dominadores»

Nuno Dantas , Estádio Municipal de Famalicão
12 ago, 22:55
Artur Jorge no Sp. Braga-Sporting

Técnico bracarense satisfeito com a prestação da equipa

Artur Jorge, treinador do Sp. Braga, na sala de imprensa, após vitória por 3-0 frente ao Famalicão:

«Foi uma vitória contruída com toda a justiça. Preparámos o jogo de forma a conseguirmos ser dominadores e ter o controlo do mesmo. Fizemos meia hora de bom nível, com uma intensidade alta, onde fizemos dois golos e podíamos ter feito o terceiro. Ao intervalo tivemos de relembrar os jogadores para manter a intensidade para que o adversário não tentasse recuperar. Fizemos aquilo que nos era exigido e vencemos justamente.

[jogo com exigência diferente do Sporting] Não há qualquer diferença na nossa abordagem, mas aqui conseguimos três pontos. Temos o máximo respeito por todos os adversários, e temos de ter coragem para lutar pela vitória em qualquer desafio. O que tivemos hoje aqui foi a demonstração do caracter do Sp. Braga.

[exibição de Simon Banza] Espero que faça muito mais do que três golos. Procuramos que o Banza que venha acrescentar à equipa. Vem acrescentar golos, mas também trabalho e disponibilidade. É importante, porque tem jogado, materializar a sua competência.

[substituições devolveram o controlo de jogo ao Sp. Braga] Agrada-me muito que o banco responda bem quando, assim que tenham de jogar, que acrescentem algo à equipa. Tentámos com o Djaló dar mais velocidade na frente e depois fizemos algumas trocas diretas que, por fadiga, os jogadores já não estavam a dar a resposta.

[características de Djaló propícias para saltar do banco? E a exibição de Lainez?] Tanto ele como o Rodrigo Gomes são muito rápidos. O Álvaro é muito veloz, é muito forte no um para um, é atrevido. O Diego teve a oportunidade de se estrear connosco, mas ainda está numa fase de adaptação e tem de conquistar o seu espaço para sere primeira opção. Mas é um jogador com um talento incrível.»

Relacionados

Patrocinados