Ucrânia atinge "com sucesso" sistema de defesa antiaérea na Crimeia: lançou mísseis Storm Shadow e ATACMS sobre a península

CNN Portugal , JGR
30 out 2023, 14:32
Defesa antiaérea na Ucrânia (AP Photo/Evgeniy Maloletka)

Pelo menos, 17 soldados russos foram feridos e 5 veículos foram danificados

O exército ucraniano afirma que atingiu “com sucesso” um sistema de defesa antiaéreo russo na península ocupada da Crimeia, ao mesmo tempo que Moscovo alega ter “repelido” um ataque ucraniano com oito mísseis balísticos Storm Shadow. No entanto, bloggers militares russos reportam que nem todos os mísseis foram abatidos.

“As forças armadas atingiram com sucesso um objeto estratégico do sistema de defesa aérea na costa ocidental da Crimeia ocupada”, disse a unidade de comunicações estratégicas do exército nas redes sociais.

Este ataque acontece numa altura em que Kiev tem vindo a aumentar a intensidade dos ataques na península, obrigando mesmo a frota do mar negro a retirar-se da sua base de Sebastopol, após vários ataques de danificaram várias embarcações militares.

O jornal ucraniano Kyiv Post afirma que o alvo do ataque seria um regimento de defesa antiaérea localizado nos arredores de Olenivka. Pelo menos, 17 soldados russos foram feridos e cinco veículos foram danificados.

Recorde-se que, em setembro, a Ucrânia destruiu dois sistemas de defesa antiaérea S-400 – os mais sofisticados do arsenal russo – na Crimeia. Estes mecanismos altamente complexos serviam como uma das principais camadas defensivas da região de Sebastopol, depois de a Ucrânia ter afundado o cruzador Moskva, em 2022.

Mas o Ministério da Defesa russo apresentou uma versão diferente. De acordo com Moscovo, os sistemas de defesa antiaérea na região intercetaram oito mísseis balísticos ucranianos que voavam em direção à Crimeia.

"Em 30 de outubro, por volta das 13:00, uma tentativa de ataque do regime de Kiev com oito mísseis de cruzeiro Storm Shadow contra alvos na península da Crimeia foi interrompida. Como resultado dos sistemas de defesa aérea repelirem o ataque, todos os mísseis foram abatidos", disse o Ministério da Defesa da Rússia.

Os Storm Shadows são mísseis balísticos de fabrico britânico, que conseguem atingir com precisão alvos a distâncias que podem chegar aos 250 quilómetros. Desde que estas armas começaram a ser fornecidas à Ucrânia pela França e pelo Reino Unido que a Rússia começou a ser alvo de vários bombardeamentos na sua retaguarda.

De acordo com um dos maiores canais militares russos do Telegram, nem todos os mísseis foram destruídos pelos sistemas de defesa antiaérea russos. Segundo o canal Rybar, o ataque ucraniano contou com o disparo de dois mísseis ATACMs, recém enviados pelos Estados Unidos da América, para os arredores da vila de Olenivka, na costa ocidental da Crimeia.

A conta, que tem mais de 1,2 milhões de seguidores, alega que a frota russa do Mar Negro encontrou também três drones navais ucranianos perto do porto de Sebastopol. A mesma fonte garante que um foi destruído ainda antes de entrar no porto da cidade e os outros dois foram destruídos pela marinha russa.

Relacionados

Europa

Mais Europa

Mais Lidas

Patrocinados