Exclusivo: análise de imagens de satélite pela CNN com o auxílio de IA mostra um novo mapa da destruição em Gaza

CNN , Renée Rigdon e Paul P. Murphy
27 out 2023, 23:29
Mapa CNN pormenor

Uma análise nova e exclusiva feita pela CNN, com o auxílio de inteligência artificial (IA), identificou uma quantidade significativa da destruição em Gaza em imagens de satélite.

Foram destruídas grandes áreas de edifícios em redor da Cidade de Gaza, Beit Lahya e Beit Hanoun. Uma grande parte dos danos que a CNN conseguiu confirmar situa-se no norte de Gaza.

Centenas de crateras foram também identificadas no norte de Gaza.

A CNN conseguiu identificar as áreas de destruição em Gaza através de imagens de satélite da Planet Labs, e trabalhando com a Synthetaic - uma empresa que utiliza IA para identificar e classificar dados, incluindo imagens de satélite.

Utilizando imagens de toda a Faixa de Gaza do Planet Labs, a Synthetaic está a analisá-las e a compará-las através do seu sistema proprietário de Categorização Automática Rápida de Imagens (RAIC), orientado para a IA, procurando destruição como edifícios danificados e destruídos, bem como crateras de impacto. Com a ajuda do que a RAIC identificou como destruição, a CNN está a pegar nas imagens do Planet Labs e a fazer a sua própria análise para confirmar a destruição de forma independente.

O resultado é um retrato instantâneo da destruição que ocorreu em Gaza. 

A análise da CNN continua e espera-se que identifique outras áreas de destruição em Gaza, especialmente à medida que as Forças de Defesa de Israel continuam a expandir as suas operações terrestres no território. Esta análise também difere da análise anterior da CNN, que utilizou o radar de abertura sintética Sentinel-1 para determinar danos.

É impossível ter um mapa completo e abrangente da destruição em Gaza sem um levantamento no terreno.

Análise de satélite mostra edifícios danificados e crateras de impacto em Gaza

Nota: As crateras de impacto estão ampliadas para maior visibilidade.
Fonte: Análise da CNN de dados da Synthetaic e Planet Labs
Gráfico: Renée Rigdon e Paul P. Murphy, CNN

Médio Oriente

Mais Médio Oriente

Mais Lidas

Patrocinados