Ricardo Salgado acusado de ter corrompido ex-vice-presidente do Banco do Brasil

30 dez 2021, 17:21
Ricardo Salgado
Ricardo Salgado

Além de Ricardo Salgado, também João Alexandre Silva (ex-diretor do BES Madeira) e Paulo Nacif Jorge (ex-funcionário do Grupo Espírito Santo) foram igualmente acusados do crime de corrupção ativa com prejuízo no comércio internacional

PUB

Ricardo Salgado foi agora acusado de ter alegadamente corrompido um ex-vice-presidente do Banco do Brasil, sendo-lhe imputado um crime de corrupção ativa com prejuízo no comércio internacional e outro crime de branqueamento de capitais

Quatro ex-diretores do BES e do Grupo Espírito Santo foram ainda acusados de corrupção passiva no setor privado, branqueamento de capitais e falsificação de documento.

PUB

Em causa estão pagamentos feitos pela sociedade offshore Espírito Santo Enterprises, o famoso ‘saco azul’ do Grupo Espírito Santo, de cerca de 2 milhões de euros a Allan Simões Toledo - assim se chama o ex-banqueiro brasileiro, ligado ao PT de Lula da Silva. Estes factos foram revelados em exclusivo pelo Observador em novembro de 2018.

Os pagamentos terão sido realizados, de acordo com a acusação do Ministério Público (MP), por ordens de Ricardo Salgado e teriam um objetivo simples: que Simões Toledo alegadamente exercesse a sua influência enquanto administrador do Banco do Brasil para que fosse aprovada uma linha de crédito de cerca de 200 milhões de dólares (cerca de 176,1 milhões de euros ao câmbio atual) para financiar o BES.

PUB
PUB
PUB

Além de Ricardo Salgado, também João Alexandre Silva (ex-diretor do BES Madeira) e Paulo Nacif Jorge (ex-funcionário do Grupo Espírito Santo) foram igualmente acusados do crime de corrupção ativa com prejuízo no comércio internacional.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados