É o gás e os novos iPhones: estão mais caros, muito caros (e aquele relógio a €1000?)

7 set, 21:30
iPhone 14 (Apple/Youtube)

São quatro novos iPhones e três novos Apple Watch. Preços subiram em Portugal

Decorreu esta quarta-feira mais um evento de lançamento da Apple. O Apple Far Out prometia muitas novidades, como o lançamento do iPhone 14. Mas a primeira estrela foi o novo Apple Watch Ultra.

Concebido para aventureiros e atividades de endurance, o Apple Watch Ultra tem uma bateria maior, capaz de durar 36 horas (muito inferior à dos melhores Garmin, por exemplo, que duram semanas), havendo uma funcionalidade, disponível mais tarde este ano, que poderá fazer a bateria atingir as 60 horas de vida só com um carregamento.

Apple Watch Ultra (Apple/Youtube)

As funcionalidades do Ultra podem ser adaptadas consoante as necessidades do utilizador, quer este esteja numa montanha ou debaixo de água. Em caso de emergência, o Ultra está equipado com uma sirene de 86 decibéis que pode ser ouvida a centenas de metros de distância. O preço de todos os Apple Watch Ultra é de 1009 euros.

Quanto aos restantes Apple Watch, o Series 8 introduziu uma grande novidade: passar a ser capaz de acompanhar os ciclos menstruais e de acompanhar a ovulação. Para tal, os sensores de temperatura foram atualizados para permitir uma melhor leitura dos dados que possam indicar qualquer alteração referente a este respeito. Caso exista algum desvio preocupante no ciclo, o utilizador será notificado no relógio e no telemóvel sobre a mesmo. A Apple assegura, no entanto, que os dados serão privados e seguros, só podendo ser partilhados com o consentimento do utilizador.

Apple Watch Series 8 (Apple/Youtube)

Outra novidade do Series 8 é Crash Detection, uma nova funcionalidade que deteta se o utilizador esteve envolvido num acidente de viação. Para o conseguir, a Apple atualizou alguns dos instrumentos do relógio, como os sensores de movimento, o microfone, o giroscópio e o barómetro. Quando o utilizador se vê envolvido num acidente, o relógio contacta automaticamente o 112 e os contactos de emergência. A Apple assegura que esta funcionalidade só está ativada quando o utilizador está num veículo e que só processa os dados em caso de acidente. Os preços para o Apple Watch Series 8 começam nos 509 euros.

Foi ainda lançada a segunda geração do Apple Watch SE.

Apple vai all-in no iPhone Pro

Quanto ao iPhone 14, as novidades foram poucas, com o processador a ser o mesmo do 13. Entre as novas funcionalidades destaca-se a comunicação por satélite, que deverá ser útil ao utilizador em zonas inóspitas e sem rede e que apenas estará disponível nos Estados Unidos e no Canadá. Em situações de emergência, quem possuir um iPhone 14 pode contactar os serviços de emergência através da ligação a um satélite, mas a empresa alerta que não deverá ter a velocidade de uma ligação normal. O telemóvel vem equipado com uma funcionalidade que indica ao utilizador para onde apontar o telemóvel, dado que só é possível a ligação a um satélite quando se aponta na sua direção.

Outra característica disponível, mas só nos Estados Unidos, é a obrigatoriedade de eSIM. A partir de agora, todos os iPhones vendidos no país não têm uma entrada para um cartão SIM normal. O número de telemóvel passará, então, a estar associado a um cartão virtual. A Apple defende que esta funcionalidade é mais segura, já que não será possível roubar o cartão SIM.

iPhone 14 (Apple/Youtube)

Há uma novidade - o iPhone 14 Plus, que é igual ao 14 mas que tem 6,7 polegadas de ecrã em vez de 6,1. Substitui o Mini, que tinha 5,4 polegadas. O preço destes equipamentos começa nos 1039 euros, uma subida significativa dos 929 euros no lançamento do 13.

A marca liderada por Tim Cook apostou muito no Pro e no Pro Max. Os novos telemóveis da marca, com preços a começar nos 1349 euros (uma subida face aos 1179 dos anteriores) têm agora uma nova área de notificações, denominada “Dynamic Island”, que pretende harmonizar a experiência do utilizador, que passará a poder controlar com mais detalhe as aplicações em segundo plano. Esta área está localizada no notch.

O iPhone 14 Pro terá também o “always-on display”, que permite que o ecrã esteja sempre ligado, e um novo processador, o A16 Bionic, que a marca diz ser o “mais rápido num smartphone". A câmara do Pro terá 48 megapixeis e a marca promete grandes melhorias na captação de vídeo e imagens noturnas.

iPhone 14 Pro e 14 Pro Max (Apple/Youtube)

A comunicação por satélite estará, também, naturalmente disponível nestes modelos, com a marca a oferecer esta funcionalidade por dois anos. Também presente em todos os novos iPhone 14 é o Crash Detection, funcionalidade anunciada previamente para os Apple Watch Series 8. O preço do iPhone 14 Pro começa nos 1349 euros, uma subida face aos 1179 do antecessor, e o Pro Max começa nos 1499 euros. São mais de dois salários mínimos portugueses.

Foi ainda mostrada a segunda geração dos AirPods Pro, com a marca a anunciar praticamente apenas alguns upgrades à tecnologia existente, como o cancelamento de ruído mais apurado - tal como no “transparency mode”. A vida da bateria também foi ligeiramente melhorada, com os AirPods a aguentarem agora até 6 horas sem precisarem de carregamento. Outra novidade para os auriculares da marca é o “Touch Control”, que permitirá aumentar ou reduzir o volume no próprio AirPod. Contudo, esta funcionalidade já está amplamente disponível nos produtos de outras marcas. O preço dos auriculares começa nos 299 euros.

Tecnologia

Mais Tecnologia

Patrocinados