Mais de 800 réplicas do sismo nas Filipinas que causou cinco mortos

Agência Lusa , AM
28 jul, 06:08

População teme que forte terramoto se repita

Mais de 800 réplicas do terramoto registado na quarta-feira no norte das Filipinas, que fez cinco mortos, obrigou a população a dormir fora das habitações, por receio que se repita o violento sismo da véspera.

O anterior balanço apontava para quatro mortos numa região que está a ser alvo de uma visita do recém-empossado presidente das Filipinas, Ferdinand Marcos Jr., para constatar os danos na província de Abra.

O terramoto de magnitude 7 na escala de Richter desencadeou deslizamentos de terra e danificou edifícios.

O epicentro do sismo ocorreu numa área montanhosa.

As Filipinas ficam ao longo do “Anel de Fogo” do Pacífico, um arco de falhas tectónicas em redor do Oceano Pacífico, onde ocorre a maioria dos terramotos do mundo.

Um terramoto de magnitude 7,7 matou quase duas mil pessoas no norte das Filipinas em 1990.

Relacionados

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados