Conceição: «Todos os jogos têm de ser finais e não podemos vacilar»

24 fev, 13:26

Treinador do FC Porto assume que esta época a luta pelo título é diferente, já que está em desvantagem pontual face a dois adversários

O FC Porto já perdeu um campeonato quando tinha sete pontos de vantagem, mas também já ganhou um título depois de recuperar de uma desvantagem pontual idêntica.

Esta época, no entanto, os dragões enfrentam um cenário novo: têm sete pontos de desvantagem face a dois adversários, o Benfica e o Sporting – os leões até têm um jogo a menos.

«Sim, é diferente. Uma coisa é estar a lutar com um adversário, outra é lugar contra dois. Torna a situação mais complicada, mas como disse após o Arouca, aqui ninguém desiste», garantiu Sérgio Conceição, na antevisão ao jogo diante do Gil Vicente.

«Sabemos dessas dificuldades, todos os jogos têm de ser finais e não podemos vacilar, aí corremos o risco de perdermos o objetivo principal que é o campeonato nacional», prosseguiu.

Na mesma ocasião, o treinador da equipa azul e branca elogiou o Gil Vicente: «Dentro do que é a nossa base, os jogadores sabem o que têm a fazer. Obviamente há sempre uma ou outra nuance diferente. O Gil Vicente está a fazer um campeonato tranquilo, o Vítor Campelos [treinador] trabalhou comigo no Vitória de Guimarães, já tem experiência nestas andanças. Têm jogadores muito interessantes, com qualidade. Espera-nos um jogo difícil, de I Liga. Temos de fazer mais do que fizemos na última deslocação para conseguir os três pontos.»

O FC Porto defronta o Gil Vicente, em Barcelos, este domingo, a partir das 18h00.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados