Valha-nos a bola

Vítor Maia , Enviado especial ao Euro 2024
16 jun, 00:26
Bola do Euro 2024 (Getty Images)

«Bilhetes do Euro» - III

Interrompe guerras, acaba com as diferenças, conecta pessoas. Bola, objeto mágico, senhora de sonhos e oportunidades. 

Onde houver uma bola, há sorrisos. Seja num estádio lotado, num rinque, num pátio de uma escola ou num vulgar jardim em Marienfeld.

Com uma bola nos pés, aguardávamos a possibilidade de fazer uma reportagem. Nesse intervalo de tempo, somos abordados por cinco jovens alemães que viajaram de comboio de Dortmund até junto do hotel da Seleção com esperança de ver os craques nacionais.

Sem hipóteses de concretizarem esse desejo, perguntam-nos se podem jogar um pouco. Respondemos afirmamente e não resistimos em dar uns toques.

Mal falavam inglês, mas não era preciso. Através da bola, o futebol foi, como em tantas outras ocasiões, linguagem universal. Embora não tenhamos primado pela qualidade, passámos um bom bocado e não deixámos de sorrir. Despedimo-nos como amigos que passaram um bom bocado.

Numa sociedade em que cada vez mais as pessoas se fecham em si próprias, coladas a um ecrã, a bola ainda tem o poder de nos conectar. 


«Bilhetes do Euro» é um espaço de crónica do jornalista Vítor Maia, enviado especial do Maisfutebol ao Euro 2024.

Relacionados

Euro 2024

Mais Euro 2024

Patrocinados