Dois árbitros escoceses assumem-se como homossexuais

2 jun, 23:37
Árbitro Craig Napier assumiu-se como homossexual

Craig Napier e Lloyd Wilson querem mudar o «ambiente» à volta do futebol

Dois árbitros escoceses assumiram esta quinta-feira que são homossexuais com o objetivo de «mudar o ambiente» no mundo do futebol. Craig Napier, árbitro de categoria um, foi o primeiro, num vídeo publicado pela federação de futebol da Escócia no Twitter. O exemplo do árbitro de 32 anos acabou por ser seguido por Lloyd Willson que apita nas categorias inferiores.

Napier contou que assumiu a sua homossexualidade com o objetivo de afastar o «estigma» e o «receio» que outros, na mesma condição, possam sentir. «Isto é uma coisa que nunca imaginei fazer. É uma coisa que está comigo obviamente há muito tempo. Foi uma jornada difícil até chegar aqui, mas nos últimos anos tornou-se mais fácil», destacou Napier no tal vídeo partilhado pela federação escocesa.

«Sinceramente não acho que isto seja tema de notícia, mas acho que, nesta altura, é preciso falar nisto para mudarmos o ambiente no futebol, para que as pessoas possam pensar em serem elas próprias e viverem confortavelmente na sua pele», acrescentou Napier.

O árbitro escocês conta ainda que se sentiu inspirado em dar este passo depois de ler as notícias que davam conta que Tom Daley, campeão olímpico em saltos para a piscina, também tinha assumido que era homossexual.

Um exemplo que foi seguido, também esta quinta-feira, por outro árbitro escocês. Lloyd Wilson acredita que o futebol já está preparado para aceitar a inclusão de homossexuais. «Há pessoas a ver os jogos, semana após semana, há pessoas a jogar nos relvados, há pessoas a treinar e a trabalhar à volta do futebol que estão escondidas. Se a minha história encorajar uma dessas pessoas, já fico contente», destacou Wilson.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados