Tempo mais quente atenua preocupações com o gás natural na Europa

17 nov, 13:48
Galp alerta que pode haver quebra de fornecimento de gás (Foto: L. Hansel/Unsplash)

Esperam-se temperaturas mais elevadas do que o esperado para esta altura na Europa, o que alivia preocupações com a procura por aquecimento

Os preços do gás natural estão a afundar 7% nesta quinta-feira, perante as previsões de que o tempo vai ser mais quente que o esperado para esta altura do ano. As temperaturas mais altas observadas em toda a Europa estão assim a aliviar as preocupações com a procura.

Ao início da manhã em Lisboa, os futuros do TTF para entrega em dezembro estão a ceder 7,37%, para 105,50 euros por MWh (megawatt-hora), depois de já terem registado uma queda de 8,2% na quarta-feira.

Espera-se um clima mais quente na Escandinávia, enquanto temperaturas acima do normal são observadas no sudoeste da Europa na próxima semana, segundo indicou a Maxar num relatório citado pela Bloomberg.

Mesmo assim, as autoridades continuam a incentivar a população a poupar energia. Surgem também notícias de que a Comissão Europeia planeia propor um teto para os preços do gás natural após 24 de novembro, com o objetivo de conter uma crise energética decorrente da invasão russa da Ucrânia, segundo disse o responsável de política energética da UE à Reuters esta quarta-feira.

Relacionados

Economia

Mais Economia

Patrocinados