Legislativas. Marta Temido “número um” do PS em Coimbra (houve contestação mas não devido à ministra)

Agência Lusa , DCT
13 dez 2021, 15:38
Ministra da Saúde, Marta Temido
Ministra da Saúde, Marta Temido

Lista de deputados foi aprovada com 54 votos a favor, 19 contra, um branco e um nulo

PUB

A distrital do PS de Coimbra aprovou este domingo a lista de deputados, que é encabeçada pela ministra da Saúde, Marta Temido, surgindo em segundo o deputado Pedro Coimbra, depois de uma primeira proposta ter sido chumbada.

A lista de deputados foi aprovada no domingo por 72% dos votos (54 a favor, 19 contra, um branco e um nulo), informou esta segunda-feira a Federação Distrital do PS de Coimbra, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

PUB

Uma primeira proposta tinha sido chumbada na madrugada de sábado, disse à agência Lusa um ex-dirigente do PS, que explicou que a contestação não visava a ministra da Saúde, que já tinha sido a cabeça de lista por aquele círculo eleitoral em 2019, mas antes pelos nomes propostos pela distrital para a terceira, quarta e quinta posições (lugares considerados elegíveis).

No entanto, a proposta agora aprovada pouco difere da chumbada na noite de sexta-feira para sábado, sendo a mudança na quinta posição, em que era proposto o presidente da concelhia de Coimbra e antigo vice-presidente da Câmara Municipal Carlos Cidade.

PUB
PUB
PUB

Em número cinco está agora o antigo presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, que não se candidatou nas últimas autárquicas por ter atingido o limite máximo de mandatos à frente do município.

Além de Marta Temido, a lista tem como ‘número dois’ o vice-presidente da bancada do PS Pedro Coimbra e os deputados Tiago Estêvão Martins e Raquel Ferreira, em terceiro e quarto lugar, respetivamente.

Na nota de imprensa, o líder da distrital do PS, Nuno Moita, realça que está “otimista no resultado das legislativas já que o PS de Coimbra está unido, motivado e empenhado em trabalhar para desenvolver as melhores soluções para a região e para o país”.

Na nota, o presidente da distrital explica ainda que decidiu não fazer parte da proposta das listas por ter sido recentemente reeleito como presidente da Câmara de Condeixa-a-Nova.

A lista de efetivos conta ainda com Ricardo Lino, Isabel Cruz, José Dias e Albertina Jorge. Como suplentes, surgem Miguel Pinheiro, José Mário Gama, Elisabete da Conceição Rita, Maria Marmé e João Gouveia.

PUB
PUB
PUB

A anterior lista tinha sido rejeita com 37 votos a favor e 41 contra.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados