Saiba tudo sobre o Euro aqui

Morreu Ebrahim Raisi

CNN Portugal , com Lusa - notícia atualizada às 6:58
20 mai, 05:33
Ebrahim Raisi (Associated Press)

O presidente do Irão esteve, este domingo, envolvido num acidente de helicóptero junto à fronteira com o Azerbaijão

O presidente do Irão, Ebrahim Raisi, morreu este domingo, reporta a agência de notícias estatal iraniana IRNA. De acordo com múltiplas fontes no local, como o Crescente Vermelho Iraniano, o helicóptero onde seguia despenhou-se no norte do país, perto de Jolfa, uma cidade na fronteira com o Azerbaijão.

No helicóptero seguia ainda o ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão, Hossein Amirabdollahian, o governador da região do Azerbaijão Oriental, Malik Rahmati, e também o imã de Tabriz, Mohammed Ali Al-Hashem.

Antes da confirmação oficial da morte dos ocupantes da aeronave, equipas do Crescente Vermelho Iraniano chegaram ao local do acidente. Num vídeo filmado pela instituição, é possível ver os destroços do helicóptero que transportava Raisi.

Pouco depois, o presidente do Crescente Vermelho, Pir Hossein Kolivand, afirmou à televisão estatal que não tinha sido detetado qualquer sinal de vida no local do acidente.

"Com a descoberta do local do acidente, não foram detetados sinais de vida entre os passageiros do helicóptero", disse Kolivand.

Os corpos vão ser transportados para a cidade de Tabriz, segundo o jornal iraniano Tasnim News.

Raisi, de 63 anos, tinha estado no Azerbaijão no início de domingo para inaugurar uma barragem com o homólogo azeri, Ilham Aliyev, naquela que é a terceira barragem construída pelos dois países no rio Aras.

Ebrahim Raisi, de 63 anos, um clérigo religioso de linha dura, foi eleito Presidente do Irão em 2021, numa eleição presidencial com a participação mais baixa da história da República Islâmica.

A sua liderança tem protagonizado uma intensificação da repressão contra ativistas, mulheres e críticos do regime.

O presidente do Irão tinha sido alvo de sanções dos EUA dado o seu envolvimento na execução em massa de milhares de prisioneiros políticos em 1988, no final da guerra Irão-Iraque.

Raisi será substituído pelo atual primeiro vice-presidente, Mohammad Mokhber, de 68 anos, que está no cargo desde 2021 e anteriormente liderou o poderoso conglomerado "Execução da Ordem do Imã Khomeini". Por estas funções é também alvo de sanções pelos Estados Unidos desde 2021.

Relacionados

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados