Mistério desfeito. Da Weasel estão de regresso já em 2023 no Meo Marés Vivas

25 out, 11:56
Da Weasel no NOS Alive (Hugo Macedo/NOS Alive)

A "Doninha" volta a subir a palco no dia 14 de julho no festival, que se vai realizar em Vila Nova de Gaia

Tal como aconteceu na edição deste ano do Alive, os Da Weasel vão voltar a reunir-se para mais um concerto, desta vez no Meo Marés Vivas. O anúncio foi feito, esta terça-feira, em direto na página oficial de Instagram do festival.

“Tivemos uma edição de 2022 incrível, mas traz-nos muito mais responsabilidade e isso vai-nos levar a melhorar ainda mais todo o espaço e o cartaz, porque no fundo é isso que agrada aos festivaleiros”, disse Jorge Lopes, promotor do Festival Meo Marés Vivas, na conferência de imprensa de apresentação da 15.ª edição do evento.

Os Da Weasel revelaram hoje o regresso, afirmando, na conferência de imprensa, que “sempre foram uma banda de concertos ao vivo” e que estão “muito felizes por estar no Marés”.

O mistério começou na semana passada quando a banda anunciou na página oficial de Instagram: "A doninha está de volta, fica atento! Novidades em breve!". Também a organização do festival de Gaia na segunda-feira tinha prometido uma surpresa para esta terça-feira e os segredos acabaram por convergir.

O festival vai começar no dia 14 de julho e prolonga-se durante os dias 15 e 16 em Vila Nova de Gaia, no antigo Parque de Campismo da Madalena. Os Da Weasel foram o primeiro nome revelado e vão ser um dos três cabeças de cartaz. A banda vai atuar no dia inaugural do Meo Marés Vivas.

A banda de hip hop portuguesa, composta por Carlão, Virgul, DJ Glue, Quaresma, João Nobre (Jay Jay) e Guillaz, arrancou em 1993 em Almada e anunciou o seu fim 17 anos depois, em 2010. Deixaram aos fãs seis álbuns de estúdio, um EP, dois DVD ao vivo e canções como "Good Bless Johnny", "Dúia", "Agora e para sempre (a paixão)", "Ressaca", "Dou-lhe com a alma", "Dialectos de ternura" e "Tás na boa".

O primeiro concerto de reunião da Doninha - como também é conhecido grupo musical - foi anunciado em 2019 e deveria ter acontecido em julho de 2020. No entanto, a pandemia da covid-19 acabou por fazer com que fosse adiado.

Por isso, em julho deste ano subiram ao palco principal do NOS Alive para um único concerto, mas parece que o grupo português cedeu à pressão dos seus admiradores e vai mesmo voltar. Resta agora saber se se trata apenas de um novo álbum ou de mais espetáculos ao vivo.

No site oficial da banda já pode comprar t-shirts com o logo da doninha e com o número 2023 ou com o logo em grande plano. Os produtos estão ainda em pré-venda, têm um custo de 20 euros e os envios só começam a ser feitos a partir de 3 de novembro. Saiba mais aqui

Música

Mais Música

Patrocinados