Vai a prova e vence três dias após a morte do irmão que a fez ser ciclista

15 mar 2023, 13:33
Lotte Kopecky-Luc Claessen/Getty Images

Lotte Kopecky quis homenagear o irmão que a inspirou a ir para o ciclismo

Uma verdadeira história de superação emocional.

A ciclista belga Lotte Kopecky venceu nesta quarta-feira a clássica Nokere Koerse, uma prova que se realizou apenas três dias após da morte do irmão, aos 29 anos, também ele antigo ciclista.

Apesar da perda de alguém que a inspirou a enveredar pelo ciclismo, Kopecky quis ir a prova e numa demonstração de superação venceu a corrida, depois de ter entrado em fuga a cerca de 12km do final da etapa.

No momento da vitória, Kopecky, de 27 anos, não celebrou, tal como não o fez depois no pódio.

Após a conclusão da prova, as companheiras de equipa foram abraçá-la, dando-lhe o apoio depois de uma corrida que a ciclista admitiu ter corrido «por dois».

«Tomei a decisão de fazer a corrida na semana passada e queria fazê-la, independentemente de tudo. Não foram dias fáceis, mas não adiantava ficar de cabeça baixa. Hoje só queria correr e ainda bem que deu certo. Sinto que pedalei por dois», declarou no final da prova.

Relacionados

Patrocinados