Champions: antídoto do City para a muralha do Atleti estava no banco

5 abr, 21:56

Phil Foden entrou em campo para assistir Kevin de Bruyne no lance do único golo do encontro

O Manchester City venceu o Atlético Madrid pela margem mínima (1-0), na primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões. Kevin de Bruyne marcou o único golo do encontro, ao minuto 70.

Diego Simeone voltou a apostar numa estratégia ultradefensiva, que chegou a assemelhar-se a um 5x5x0, obrigando os citizens a procurarem diversas soluções para ultrapassarem a muralha colchonera.

Depois de uma primeira parte sem ocasiões de golo, o At. Madrid fez três substituições de uma assentada, com uma hora de jogo, e Pep Guardiola respondeu pouco depois, na mesma medida.

Seria precisamente um dos suplentes, Phil Foden, a alterar o rumo do encontro. Até então, o City tinha apenas ameaçado na sequência de lances de bola parada. Ao minuto 70, o internacional inglês recebeu entre João Félix e Kondogbia, trabalhou bem e serviu Kevin de Bruyne para um remate cruzado, sem hipóteses para Oblak.

O Atlético arriscou um pouco mais na etapa complementar, é certo, sem esquecer o objetivo prioritário: regressar a Madrid com margem para virar a eliminatória em casa.

João Félix aguentou 81 minutos em campo, passados essencialmente a fechar o lado esquerdo do meio-campo. Quando recuperava a bola, tinha imenso relvado e uma série de adversários pela frente. Saiu com nota positiva, ainda assim.

Bernardo Silva começou como falso ponta-de-lança, uma má ideia de Pep Guardiola, e recuou para o meio-campo após as substituições ao minuto 69, subindo claramente de produção. Como lateral direito, face ao castigo de Kyle Walker, João Cancelo foi um dos jogadores que mais procurou furar a muralha defensiva do adversário, até à entrada de Phil Foden.

O inglês ainda criou mais um par de oportunidades, mas o Atlético fez por merecer a diferença mínima no marcador, mesmo com uma estratégia que pode ser criticada pelos amantes do bom futebol. Gabriel Jesus, que estava em risco, viu um cartão amarelo e falha o jogo da segunda mão em Madrid.

(IMAGENS ELEVEN)

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Champions

Mais Champions

Patrocinados