Detido o último suspeito dos esfaqueamentos no Canadá

7 set, 23:10
Damien Sanderson e Myles Sanderson, suspeitos dos ataques no Canadá (Associated Press)

Detenção ocorreu perto de Rosthern, na província de Saskatchewan, onde ocorreram os esfaqueamentos

Foi detido Myles Sanderson, o segundo e último suspeito dos esfaqueamentos no Canadá que vitimaram 10 pessoas. A notícia foi avançada pelo canal televisivo CBC, que cita a polícia canadiana.

O agressor foi detido por volta das 15:30 (horas locais, 22:30 em Lisboa) perto de Rosthern, na província de Saskatchewan, onde ocorreram os esfaqueamentos.

Recorde-se que, na segunda-feira, o irmão, Damien Sanderson, de 31 anos, tinha sido encontrado morto pelas autoridades, que revelaram que o corpo apresentava ferimentos visíveis provocados por outra pessoa. Já na terça-feira, a polícia canadiana disse que estava a investigar se Myles Sanderson tinha sido morto pelo irmão

Myles, de 32 anos, é procurado desde maio de 2022 por não cumprir as condições da sua liberdade condicional. Havia sido condenado a cinco anos de prisão por agressão, roubo, conduta maliciosa e ameaças, mas, depois de ter sido solto para cumprir liberdade condicional, desapareceu.

Relacionados

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados