Rishi Sunak ou Liz Truss: um destes nomes será o sucessor de Boris Johnson

Agência Lusa , CV
20 jul, 17:08
Rishi Sunak e Liz Truss (AP)

O governo britânico poderá ser liderado por um homem não branco pela primeira vez na história ou por uma mulher pela terceira vez

O antigo ministro das Finanças, Rishi Sunak, e a ministra dos Negócios Estrangeiros, Liz Truss, são os dois finalistas para suceder ao primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, decidiu esta quarta-feira o grupo parlamentar do Partido Conservador.

De um lote inicial de oito candidatos, estes dois foram aqueles que recolheram mais votos, deixando para trás a secretária de Estado do Comércio, Penny Mordaunt, que a certa altura foi dada como favorita, mas cuja personalidade levantou reservas junto de colegas. 

Na quinta volta de votações realizada esta quarta-feira, Rishi Sunak recolheu 137 votos, Liz Truss teve 113 e Penny Mordaunt 105.

A fase inicial do processo para reduzir o número de candidatos foi reservada aos 358 deputados do Partido Conservador, mas agora a escolha do vencedor caberá aos cerca de 200.000 membros do partido, que vão votar por correspondência. 

O resultado final deverá ser anunciado a cinco de setembro, e o governo britânico poderá ser liderado por um homem não branco pela primeira vez na história, ou por uma mulher pela terceira vez.

Rishi Sunak, de 42 anos, cuja saída do governo no início de Julho ajudou a precipitar a queda de Boris Johnson, liderou desde a primeira votação, apesar de ser pouco popular junto das bases do partido.

Liz Truss, de 46 anos, que era vista como pouco convincente na semana passada, recuperou e ficou em melhor posição para beneficiar dos votos da candidata eliminada Kemi Badenoch, que, como ela, representa a ala direita dos Conservadores.

 

Relacionados

Europa

Mais Europa

Patrocinados