Ex-presidente da Guatemala morre aos 71 anos

Agência Lusa
24 jan, 07:16
Álvaro Colom Caballeros (Associated Press)

Álvaro Colom Caballeros encontrava-se sob prisão domiciliária por um alegado caso de fraude cometida durante a sua administração

O ex-presidente da Guatemala Álvaro Colom Caballeros (2008-2012) morreu na segunda-feira, aos 71 anos, devido a complicações de saúde.

A morte de Colom Caballeros foi anunciada pelo seu antigo ministro do Interior, Carlos Menocal, nas redes sociais.

A causa da morte não foi avançada, contudo, em dezembro de 2020 um advogado do ex-Presidente disse aos jornalistas que Caballeros sofria de cancro.

Colom Caballeros ganhou a presidência da Guatemala nas eleições gerais de 2007 com o partido da União Nacional da Esperança e governou de 14 de janeiro de 2008 a 14 de janeiro de 2012.

Depois de deixar a presidência, Colom foi acusado de corrupção em vários casos.

Atualmente encontrava-se sob prisão domiciliária por um alegado caso de fraude cometida durante a sua administração.

Mundo

Mais Mundo

Mais Lidas

Patrocinados