Vento condiciona movimento no Aeroporto da Madeira. Seis voos foram direcionados para outros destinos

Agência Lusa , FMC
21 jul, 15:43
Aeroporto da Madeira

Entretanto, alguns aviões conseguiram fazer-se à pista, aproveitando um "momentâneo abrandamento do vento”, diz fonte aeroportuária

O vento está esta quinta-feira a condicionar o movimento de aterragens e descolagens no Aeroporto Internacional da Madeira - Cristiano Ronaldo, tendo levado seis voos a divergir para outros destinos, disse fonte aeroportuária.

Segundo a mesma fonte, o aeroporto da ilha do Porto Santo foi alternativa para voos programados provenientes de Zurique (Suíça), Hamburgo (Alemanha), Nantes (França) e Amesterdão (Holanda), que aguardam um “abrandamento” na velocidade do vento para aterrar na Madeira.

Uma ligação da EasyJet com origem no aeroporto londrino da Gatwick também esteve no Porto Santo e depois de uma segunda tentativa falhada de aterragem na Madeira acabou por voar para as ilhas Canárias, o mesmo acontecendo com um avião desta companhia oriundo de Bristol.

Um voo da TAP de Lisboa acabou por regressar à origem e a ligação foi cancelada.

“Esta é a situação pelas 14:00 e, entretanto, alguns aviões conseguiram fazer-se à pista, aproveitando um momentâneo abrandamento do vento”, disse, mencionando os casos de um voo da TAP oriundo de Lisboa e outro da Ryanair, com origem do Porto.

Relacionados

País

Mais País

Patrocinados