Vin Diesel acusado de agressão sexual pela ex-assistente

CNN , Dan Heching e Cheri Mossburg
21 dez 2023, 21:41
Vin Diesel (Foto: T. Camus/AP)

Vin Diesel, estrela dos filmes da saga "Velocidade Furiosa", foi acusado de agressão sexual e de criar um ambiente de trabalho hostil num processo judicial apresentado por uma antiga assistente.

O processo civil, instaurado na quinta-feira no Tribunal Superior de Los Angeles e obtido pela CNN, tem origem num incidente de 2010 em que a antiga assistente de Vin Diesel, Asta Jonasson, alega que o ator a forçou numa suite de hotel e se masturbou à sua frente.

Jonasson está a processar Diesel, juntamente com a sua empresa One Race Productions, e a irmã de Diesel, Samantha Vincent, por agressão sexual, criação de um ambiente de trabalho hostil, supervisão negligente e rescisão injusta.

De acordo com o processo, a mulher está a tentar obter a imposição de uma multa civil de dez mil dólares (mais de nove mil euros) por cada violação.

A CNN contactou os representantes e advogados de Diesel para obter comentários. A CNN também contactou os advogados de Jonasson.

Artes

Mais Artes

Mais Lidas

Patrocinados