"Tentei salvar os pilotos mas fiquei inconsciente". Pescadores ajudaram a salvar 24 passageiros do avião que caiu na Tanzânia

7 nov, 14:04
Acidente com avião da Precision Air na Tanzania (AP)

Pescador conta como ajudou os passageiros a saírem do avião que tinha caído no lago Vitória. Infelizmente, não conseguiu salvar os dois pilotos. No acidente morreram 19 pessoas

Um pescador que foi um dos socorristas no local do acidente de avião em que morreram 19 pessoas, no domingo, no Lago Vitória, na Tanzânia, descreveu como tentou salvar os pilotos presos na cabine e como quase perdeu a vida a resgatá-los. Entrevistado pela BBC na cama de hospital, na cidade à beira do lago de Bukoba, Majaliwa Jackson disse que entrou em pânico ao ver o avião de passageiros a aproximar-se até mergulhar no lago. Correu imediatamente para o local com três outros pescadores e usou um remo para abrir a porta traseira do avião, permitindo assim que vários passageiros saíssem.

Depois, mergulhou na água e dirigiu-se para a parte da frente do avião. Conseguiu comunicar com um dos pilotos fazendo sinais com as mãos. "Saí da água e perguntei aos seguranças do aeroporto, que entretanto tinham chegado, se eles tinham alguma ferramenta que pudéssemos usar para partir o vidro da cabine. Deram-me um machado mas, depois, fui impedido de fazê-lo. Disseram que já estavam em comunicação com os pilotos e que não havia água a entrar na cabine", contou Jacskson. 

O pescador mergulhou mais uma vez, só para avisar o piloto e reparou que ele estava a fazer sinais, pedindo para ser resgatado imediatamente. "Ele apontava para a porta de emergência do cockpit e para mim. Então, peguei numa corda, amarrei-a na porta e tentámos puxá-la com os barcos, mas a corda partiu-se e atingiu-me no rosto, deixando-me inconsciente. Depois disso só me lembro de acordar no hospital", disse Jackson.

Os dois pilotos acabaram por falecer. No total, há 19 mortes confirmadas neste acidente, em que um avião - operado pela Precision Air, a maior companhia aérea privada da Tanzânia - caiu perto da margem do lago. Das 43 pessoas a bordo, 24 sobreviveram. As autoridades acreditam que o mau tempo terá estado na origem do acidente, que está ainda a ser investigado.

Relacionados

África

Mais África

Patrocinados