Eleições em Taiwan: Lai Ching-te segue com vantagem na contagem dos votos

13 jan, 11:05
Lai Ching-te, candidato do Partido Democrático Progressista, vota nas eleições do Chega (EPA)

A contagem dos votos dá vantagem ao candidato do partido no poder, o Partido Democrático Progressista, contra o desejo de Pequim

O candidato presidencial do partido no poder, Lai Ching-te, segue à frente na contagem dos votos das eleições em Taiwan, confirmando assim as sondagens que o colocavam como favorito entre os três candidatos às presidenciais.

De acordo com a Reuters, Lai Ching-te alcançou já mais de três milhões de votos logo após o início da contagem de votos, que começou pouco depois do fecho das urnas, às 16:00 horas locais (08:00 em Portugal continental).

Lai Ching-te, atual vice-presidente de Taiwan e candidato pelo Partido Democrático Progressista (DPP), fica assim confortavelmente à frente dos dois rivais, Hou Yu-ih, do Kuomintang, e Ko Wen-je, do Partido Popular de Taiwan. Porém, ainda nenhum partido reivindicou a vitória ou assumiu a derrota.

De acordo com a contagem dos votos, divulgada pelos meios de comunicação social de Taiwan, Hou Yu-ih está em segundo lugar, com cerca de 2,7 milhões de votos, enquanto Ko Wen-je reúne pouco mais de dois milhões.

As eleições são consideradas por vários especialistas como críticas, até porque um conflito armado entre Pequim e Taipé poderia colocar os Estados Unidos em confronto direto com a China e abalar a economia mundial.

A China comunista receia que uma vitória de William Lai, candidato do DPP, seja um passo em direção à independência e sugeriu aos eleitores taiwaneses estar em causa a escolha entre a paz e a guerra.

As sondagens têm colocado o DPP na frente, seguido do Kuomintang (KMT) e no terceiro posto o Partido do Povo de Taiwan (TPP), com indicações de que nenhum dos partidos deverá conseguir uma maioria no parlamento da ilha de 23 milhões de habitantes e líder mundial na produção de semicondutores.

Relacionados

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados