Adán garante Sporting preparado para vencer «uma super-equipa»

Ricardo Gouveia , Estádio de Alvalade
28 jan, 18:57
Antonio Adán (Sporting)

Guarda-redes do Sporting considera que os leões estão «mais fortes» do que estavam na época passada

Adán acredita que o Sporting pode voltar a vencer a Taça da Liga esta sábado frente ao Benfica, até porque está convencido que a atual equipa evoluiu e é mais «forte» do que a da temporada passada. O guarda-redes dos leões apresentou-se, assim, otimista, mesmo tendo em conta que do outro lado do campo vai estar uma «super-equipa».

O guarda-redes espanhol começou por recordar o primeiro título da época passada. «Sim, temos boas recordações desta taça. Agora estamos noutro momento, muito melhores, o grupo cresceu, estamos mais experientes, mas com a mesma vontade de a voltar a vencer», começou por enunciar na antevisão da final que está marcada para este sábado.

Há um ano o Sporting venceu o Sp. Braga na final, este ano o adversário será o Benfica. «Esperamos uma super-equipa que tem grandes jogadores. O Benfica, qualquer que seja o momento em que esteja, não deixa de ser o Benfica. É uma final é cinquenta/cinquenta para cada lado. Preparámo-nos muito bem para voltar a vencer», comentou.

Uma final que pode acabar por ser decidida na lotaria dos penáltis e, nesse caso, Adán será protagonista. «Trabalhamos o habitual, todas as facetas do jogo, incluindo as bolas paradas. Trabalhámos defensivamente e o ataque, os penaltis também são uma parte do nosso trabalho», referiu.

Um jogo em que o Sporting não vai poder contar com o seu capitão, Sebastian Coates, que está ao serviço da seleção do Uruguai. «O Coates, sabemos todos, é um jogador muito importante para nós, já o demonstrou várias vezes. Não só pela sua forma de jogar, mas também pela liderança no grupo. Neste momento sentimos a falta dele. A mensagem dele é que, apesar da distância, vai estar connosco e o companheiro que jogar no lugar dele, vai fazer o seu melhor», contou.

Na última final, no auge da pandemia, o Sporting venceu o troféu sem adeptos no estádio. O cenário este sábado será bem diferente. «Não supõe nenhuma pressão especial, é mais uma motivação. O ano passado não pudemos sentir os adeptos perto de nós no estádio, mas temos recebido apoio em todos os jogos dos nossos adeptos e obviamente que numa final será importantíssimo tê-los connosco», destacou ainda o experiente guarda-redes espanhol.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados