Saiba tudo sobre o Euro aqui

Rui Jorge: «Não gostei muito da primeira parte, segunda foi bem melhor»»

28 mar 2023, 22:41
Euro sub-21: Portugal-Itália

Selecionador de sub-21 depois da vitória sobre a Noruega (3-0) no último ensaio para o Euro2023

Rui Jorge, selecionador de sub-21, em conferência de imprensa, depois da vitória sobre a Noruega (3-0), na Póvoa do Varzim, naquele que foi o último «ensaio» para a fase final do Europeu da categoria que vai decorrer, a partir do final de junho, na Geórgia e Roménia:

- Não gostei muito da primeira parte, senti que fomos poucos intensos, não circulámos bem a bola e a Noruega, bem organizada, teve facilidade em defender.

- Foi um primeiro tempo pouco entusiasmante e é algo que não queremos para os sub-21. Na segunda parte foi diferente, houve mais intensidade, embora nem sempre a nível, mas bem melhor do que a etapa inicial.

- Não acredito na qualidade de jogo sem intensidade, gosto de mais intencionalidade ofensiva que só conseguimos com essa intensidade. Foi algo que neste jogo não funcionou, sobretudo na primeira parte, mas acredito que se o jogo fosse amanhã a situação já seria diferente. Foi mais uma questão de atitude.

- Grande parte da convocatória para o Euro2023 está neste grupo, mas há outros que cá não estiveram neste estágio, e poderão estar dentro. Gostei do empenhamento de todos, mostraram que podem estar neste espaço. Têm de continuar a fazer um bom trabalho nos clubes.

- A prioridade é sempre a seleção principal e, se foram chamados de cima, não participarão no sub-21. Mas mesmo que isso aconteça, abrirá espaços para outros serem chamados ao torneio.

- É sempre bom estar nas fases finais. Neste nível sub-21 já se sente o ambiente das grandes competições. É muito interessante, mesmo para jogadores que já vivem, no seu dia-à-dia, ambientes fantásticos. É sempre bom estarmos em provas com grandes seleções e bons jogadores.

Relacionados

Seleção

Mais Seleção

Patrocinados