Salvador Malheiro refuta ter recebido dinheiro em troca adjudicações

Agência Lusa , DCT
17 fev, 12:02
Salvador Malheiro no 39.º Congresso Nacional do Partido Social Democrata (Estela Silva/Lusa)

Malheiro falou à entrada da sessão de apresentação de candidatos da AD por Aveiro, em Espinho.

O número quatro da Aliança Democrática (AD) por Aveiro, Salvador Malheiro, refutou este sábado ter recebido envelopes com dinheiro em troca da adjudicação de uma obra e anunciou que vai apresentar na segunda-feira uma queixa-crime.

Em entrevista ao Diário de Notícias, o antigo militante do PSD e atual líder do Chega de Ovar, Mário Monteiro, contou apresentou o empreiteiro José Barros de Sousa ao presidente da Câmara de Ovar, Salvador Malheiro, que está com mandato suspenso por integrar as listas da AD para as eleições legislativas de 10 de março, e feito entregas de dinheiro a Malheiro em troca da adjudicação de uma obra.

“Refuto totalmente todas as acusações que foram feitas por esse senhor [Mário Monteiro] e naturalmente tenho de me defender e na próxima segunda-feira irá entrar uma queixa-crime contra essa pessoa porque tenho de defender a minha honra”, afirmou, em declarações à entrada da sessão de apresentação de candidatos da AD por Aveiro, em Espinho.

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados