Carlos Moedas: "Vencemos o socialismo em Lisboa, venceremos o socialismo no país"

Agência Lusa , AG
25 nov 2023, 20:28

Autarca de Lisboa sem dúvidas de que "Luís Montenegro será o próximo primeiro-ministro de Portugal"

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa manifestou-se este sábado convicto de que o PSD vai vencer as eleições legislativas de 10 de março, declarando que venceu o socialismo na capital e que também o fará a nível nacional.

“Vencemos o socialismo em Lisboa, venceremos o socialismo no país”, afirmou Carlos Moedas no seu discurso perante o 41.º Congresso do PSD, que decorreu em Almada, distrito de Setúbal.

Antes, em declarações aos jornalistas à chegada à reunião magna, o dirigente social-democrata disse que “não há dúvida de que o PSD vai ganhar estas eleições e que Luís Montenegro será o próximo primeiro-ministro de Portugal”.

Apontando que os portugueses "sofrem de uma doença, chama-se socialismo", o presidente da Câmara de Lisboa considerou que "o PSD é a chave" e "a solução" para o país.

Carlos Moedas considerou que o “PS é o grande promotor dos extremistas, da extrema-esquerda à extrema-direita”.

"Eu posso falar em liberdade porque nunca faria uma aliança nem com a extrema-esquerda, nem com a extrema-direita. Eles não podem dizer o mesmo", salientou.

Numa intervenção em que deixou várias críticas aos socialistas, o autarca afirmou que “o PS não quer igualdade de oportunidades, quer igualdade na pobreza”.

“Nós somos o partido da esperança. Vamos ser os ativistas moderados que derrotam os radicais”, salientou.

No final da sua intervenção, Carlos Moedas foi aplaudido de pé pelo congresso e o presidente do partido juntou-se a ele no palco.

Relacionados

Partidos

Mais Partidos

Mais Lidas

Patrocinados