Praia da Doca do Cavacas no Funchal interdita a banho devido a poluição da água

Agência Lusa , CF
27 jul, 19:22
Todos os anos, o mesmo problema. É verão e faltam nadadores-salvadores nas praias portuguesas

A praia da Doca do Cavacas, na zona oeste do Funchal, foi temporariamente interditada a banhos esta quarta-feira, devido à deteção de poluição nas águas do mar, informou a Câmara Municipal.

A autarquia adianta que esta decisão foi tomada no seguimento das vistorias quinzenais realizadas pela Direção Regional de Saúde às águas balneares na Madeira e Porto Santo.

No documento, o município refere que “os valores detetados na análise, em laboratório, determinam, de acordo com a lei, que seja hasteada a bandeira vermelha até ser realizada nova análise para verificação do estado das águas”.

Segundo a Câmara Municipal, foi recolhida uma nova amostra ao final da manhã desta quarta-feira e os resultados devem ser conhecidos na sexta-feira.

“Até lá, o complexo balnear fica interdito a banhos para preservação da saúde pública dos banhistas”, salienta a Câmara do Funchal.

O principal município da Madeira informa que, em conjunto com a empresa Frente MarFunchal, “está a diligenciar uma grande ação de vistoria, a todas as moradias e infraestruturas nas áreas circundantes, na tentativa de encontrar a origem da contaminação”.

Face a esta situação, “até serem conhecidos os resultados da contra-análise, a praia continuará aberta ao público, mas condicionada à não utilização para banhos no mar e nas piscinas naturais”, realça.

A Doca do Cavacas, um dos mais pequenos complexos balneares do Funchal, localizado na parte oeste da cidade, é constituída por poças naturais e tem acesso direto ao mar.

País

Mais País

Patrocinados