Três praias de Oeiras interditadas a banhos após análises à água

Nuno Mandeiro , Com Lusa
17 set, 12:02
Praia

Agência Portuguesa do Ambiente considera que a água das praias de Caxias, Santo Amaro de Oeiras e Paço de Arco apresentaram está "imprópria para banhos"

As praias de Caxias, Santo Amaro de Oeiras e Paço de Arcos, no concelho de Oeiras, foram interditadas a banhos, na sexta-feira, depois das análises à qualidade da água, efetuadas pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), terem revelado valores microbiológicos acima dos parâmetros de referência, encontrando-se a água imprópria para banhos.

Através de comunicado, a Autoridade Marítima Nacional explica que o Capitão do Porto e o Comandante-local da Polícia Marítima de Lisboa deu instruções para que fosse hasteada a bandeira vermelha, tendo a Câmara Municipal de Oeiras colocados os avisos nos acessos à praia, interditando a ida a banhos. A decisão foi tomada no seguimento da informação por parte da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) a desaconselhar a ida a banhos nas praias de Caxias, Santo Amaro de Oeiras e Paço de Arcos.

As três praias vão permanecer interditadas até que os resultados das novas análises à qualidade da água indiquem que os valores microbiológicos se encontram dentro dos parâmetros de referência.

Na página da APA, quanto à Administração da Região Hidrografica do Tejo e Oeste, registaram-se esta semana interdições a banhos nas águas balneares de Constância, concelho de Constância e na de Areia Branca e Areia Branca (Foz, concelho da Lourinhã), na das Avencas e na da Moita, Duquesa, Tamariz, Poça, Conceição, S. Pedro do Estoril e Rainha, concelho de Cascais, desde dia 16, devido a resultados microbiológicos impróprios de qualidade da água.

País

Mais País

Patrocinados