O papel das empresas portuguesas no futuro do planeta

Conteúdo patrocinado
26 out 2023, 16:13
Minuto mudança

As empresas têm um papel fundamental neste caminho, e por isso, a CNN Portugal juntou-se à EDP numa série de 10 episódios em que empresários nacionais explicam que mudanças têm feito nas suas empresas para responder a este desafio e qual o impacto que já alcançaram.

Portugal tem sido um país-modelo no investimento e aproveitamento de fontes renováveis e foi o primeiro país da Europa a comprometer-se a ser neutro em carbono em 2050. Uma ambição que acompanha as empresas portuguesas.

O que é a transição energética e qual o impacto na forma como vivemos?
‘Energia da Mudança’ responde a esta e outras questões sobre como pequenas, médias ou grandes empresas têm contribuído para a transição nacional para o uso de energia mais sustentável e mudaram comportamentos, obtendo poupanças significativas na fatura e para o ambiente. Ao longo dos 10 episódios, vão ser apresentados exemplos de como empresas e empresários promovem o uso mais eficiente dos recursos do planeta, quer seja nas medidas que tomaram dentro das suas fábricas ou lojas, quer junto de parceiros ou fornecedores, exigindo que estes também privilegiem um caminho mais sustentável.

EDP na liderança da transição energética

Os efeitos de mudanças climáticas podem ser sentidos diariamente com o aumento das secas, cheias, subida do nível do mar e outros fatores. Para evitarmos um caminho sem retorno, temos de reduzir radicalmente a pegada que deixamos no planeta e as famílias e empresas têm um papel relevante a desempenhar.

A EDP está comprometida com a transição energética, por isso tem reforçado a sua aposta numa energia mais limpa substituindo o uso de combustíveis fósseis por projetos renováveis. Trata-se de uma transformação sem precedentes na forma como produzimos e consumimos energia, que envolve uma mudança concertada, que passa pelas organizações do setor, mas também pelos governos, empresas, organizações e famílias.

As três primeiras áreas onde uma empresa pode investir com efeitos imediatos são a instalação de painéis solares, a mobilidade elétrica, e por fim, os projetos de eficiência energética. Há soluções de eficiência energética para os vários tipos de empresa: por um escritório, estamos a falar da climatização e da iluminação, numa fábrica, podemos estar a olhar para o processo industrial em si e torná-lo mais eficiente. Pequenos ajustes naquilo que é a climatização de um edifício de forma inteligente podem também ter um impacto substancial na fatura”, afirma Vera Pinto Pereira, Administradora Executiva da EDP.

 

Empresas podem investir em soluções solares ou deixar o investimento do lado da EDP

A EDP está empenhada em apoiar os seus clientes na sua transição energética e em garantir que encontram as melhores soluções para a sua dimensão e capacidade. No caso da instalação de um parque solar, que tem benefícios evidentes no uso de energia renovável, na independência da rede e nas poupanças associadas, esta solução pode ter à partida um investimento significativo que, sobretudo para uma pequena ou média empresa (PME), pode ser incomportável. Nesse caso, o investimento inicial poderá ser assegurado pela EDP, que partilhará os benefícios da poupança de custos com o cliente: a elétrica fazendo-se remunerar através de um valor fixo mensal e o cliente terá acesso aos benefícios de produzir e consumir a sua própria energia, sem o esforço financeiro inicial de investir em painéis solares. 

Estamos a falar de independência em termos de consumo e proteção das empresas contra a volatilidade dos mercados. Estamos a falar de uma redução na sua fatura energética e da contribuição para a agenda da descarbonização que é hoje muito valorizada pelo mercado, pelos consumidores ou pelos próprios investidores” conclui Vera Pinto Pereira, Administradora Executiva da EDP.

EDP

Mais EDP

Mais Lidas