Covid-19: Portugal sai da lista vermelha de viagens da Suíça

3 dez 2021, 15:14
Confusão no Aeroporto de Lisboa
Confusão no Aeroporto de Lisboa

Os viajantes livram-se da quarentena, mas são obrigados a apresentar dois testes negativos, um na hora do embarque e outro entre o quarto e o sétimo dia após a entrada no país

PUB

Portugal saiu esta sexta-feira da lista vermelha de viagens da Suíça, confirmou a CNN Portugal junto da secretária de Estado das Comunidades Portuguesas. 

Isto significa que, a partir de sábado, quem viajar para a Suíça deixa de ser obrigado a fazer quarentena, tendo apenas de apresentar um teste negativo à covid-19 - PCR ou antigénio - no embarque e depois um outro entre o quarto e o sétimo dia após a entrada no país. Os passageiros que testarem positivo, esses sim, são obrigados a fazer quarentena. 

PUB

O custo destes testes fica ao encargo dos passageiros.

Berta Nunes exlicou que recebeu esta indicação por e-mail, estando ainda a aguardar o comunicado oficial. 

No sábado, saem também desta lista de países de risco o Reino Unido, Austrália, Países Baixos e Dinamarca. 

Recorde-se que Portugal tinha sido colocado na zona vermelha da Suíça na terça-feira, devido ao número de casos registados com a variante Ómicron. 

Esta lista obrigava todos os viajantes com mais de 16 anos a apresentar um teste negativo, a preencher um formulário de entrada e completar uma quarentena de 10 dias. Esta regra também se aplicava aos recuperados e vacinados.

PUB
PUB
PUB

As crianças e jovens com menos de 16 anos tinham de cumprir apenas os dois últimos requisitos. 

Para além destas regras, os viajantes tinham ainda que repetir um teste PCR ou um teste rápido entre o quarto e o sétimo dia após a entrada na Suíça. Os resultados do segundo teste e o número da ficha de inscrição tinham de ser enviados às autoridades locais.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados