Luis Sequeira, designer luso-canadiano, está nomeado pela segunda vez para os Óscares

CNN Portugal , MJC
8 fev, 15:46

O português Luís Sequeira está nomeado pelo guarda-roupa de "Nightmare Alley – Beco das Almas Perdidas”

Depois da surpresa de 2018, quando foi nomeado pelo guarda-roupa de "A Forma da Água", Luís Sequeira está novamente nomeado para os Óscares e outra vez com um filme do realizador mexicano Guillermo del Toro:  "Nightmare Alley – Beco das Almas Perdidas”.

"Tenho a sorte de poder trabalhar com ele e de termos tido agendas compatíveis. O Guillermo é um homem fantástico, um realizador enorme. Por isso, tenho sorte de ser a pessoa encarregada dos figurinos", contou o designer luso-canadiano à CNN Portugal. "Ele é muito exigente. Trabalhar com ele significa estar sempre a dar o máximo, ele não fica contente com qualquer coisa, tem de ser o melhor", costuma dizer. No caso deste filme, "o que importava era criar um mundo real, sujo e com roupa velha e estragada, no início. Não quisemos criar logo a sensação de Hollywood. Para a segunda parte, quisemos fazer roupa com o máximo de elegância e estilo. A minha equipa ajudou a construir esses dois mundos e foi fantástico ter essa oportunidade."

Neste momento em exibição nos cinemas, "Nightmare Alley – Beco das Almas Perdidas” é um filme com Bradley Cooper, Toni Collette, David Strathairn, Rooney Mara, Richard Jenkins e Cate Blanchett. Está nomeado também nas categorias de Melhor Filme, Fotografia e Design de Produção.

Luís Sequeira nasceu no Canadá e é filho de portugueses mas tem dupla nacionalidade: é português e canadiano. Antes de ir para o Canadá, a mãe tinha um atelier de vestidos de noiva em Lisboa. Foi com ela que Luís aprendeu a dar os primeiros pontos. Depois, estudou moda e fez o percurso habitual de qualquer estilista. Trabalhou na indústria de moda, foi assistente e acabou por lançar a sua própria marca, apresentou coleções, teve uma loja. Um dia, teve oportunidade de trabalhar na televisão e gostou tanto da experiência que decidiu continuar.

Antes de "A Forma da Água", Sequeira já tinha trabalhado com Guillermo del Toro na série "The Strain" (2014-2017). Foi assistente de guarda-roupa em filmes como "Mean Girls" ("Giras e Terríveis", de 1994) e "Cinderella Man" (2005), e o seu trabalho deu nas vistas também em "Carrie" (2013), filme de terror realizado por Kimberly Peirce, "The Christmas Chronicles" (2018) e "It - Capítulo 2" (2019). "Na televisão, temos pouco tempo. Fazemos roupas para um episódio e na semana seguinte já estamos a fazer outra coisa completamente diferente", explica. No cinema, trata-se de criar um mundo. 

Luis Sequeira mora em Toronto, no Canadá, mas fala português e vem frequentemente a Portugal. "Tenho muitas saudades de Portugal, porque há três anos que não vou aí", contou à CNN Portugal. "Estou a planear ir em abril para passar algum tempo ao sol. Tenho uma casa numa aldeia perto de Aveiro. Gosto imenso de lá estar e visitar os meus amigos, comer bem… e viver! O nosso trabalho é muito intenso e, por isso, é preciso ter tempo para recarregar a minha bateria."

Na categoria de melhor Guarda-Roupa, além de "Nightmare Alley – Beco das Almas Perdidas”, estão ainda nomeados os filmes "Cruella", "Cyrano", "Duna" e "West Side Story".

Além disso, com "Nightmare Alley – Beco das Almas Perdidas”, Luís Sequeira também está nomeado para os BAFTA, do Reino Unido (que serão anunciados a 13 de março), e para os prémios da Associação de Figurinistas dos Estados Unidos (cujo vencedor será conhecido a 9 de março).

cerimónia de entrega dos prémios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas está marcada para 27 de março e deverá realizar-se, como habitualmente, no Dolby Theater, em Los Angeles.

Relacionados

Artes

Mais Artes

Patrocinados